Colunistas

Em alto nível

Em alto nível

Deputada Eliane Sinhasique, líder do PMDB na Assembléia Legislativa do Acre (Aleac) e pré-candidata do partido à Prefeitura de Rio Branco, defendeu, ontem, campanha em alto nível este ano. Ela foi entrevistada no programa “Bom Dia Rio Branco”, ao vivo na TV Rio Branco-SBT. Segundo a deputada, o ideal seria que os candidatos e preocupasse em debater ideias para melhorar a qualidade de vida da população.

Preparada

Eliane Sinhasique voltou a afirmar que está preparada para ganhar e governar Rio Branco a partir de janeiro de 2017.  Disse ainda que apesar de defender alto nível na campanha também está preparada para receber eventuais ataques e revidá-los.  A pré-candidata afirmou que continua a conversar com outros partidos de oposição para poder montar uma ampla aliança.

Determinada

A vice-prefeita de Senador Guiomard, professora Maria Raimunda, a Branca, usou, ontem, as redes sociais, para afirmar que mantém seu nome como pré-candidata pelo PSDB à prefeitura. Branca informou, ainda, que vem mantendo conversas políticas com vários partidos. No entanto, mas não fechou nenhum acordo com nenhuma pré-candidatura.

Três nomes

Pelo visto, em Senador Guiomard, a oposição deverá ter, no mínimo, três candidatos. O prefeito James Gomes (PP) apresentou o empresário Jorge Katalan como candidato. O PSD aposta em André Maia. Branca, do PSDB deixou claro sua determinação em disputar a prefeitura. Além disso, o PMDB e o PPS também deverão lançar candidato.

Volta por cima

Quem está adorando esse festival de candidaturas é a Frente Popular do Acre(FPA).  Apesar de não ter um nome forte, poderá reverter o quadro e vencer a disputa. Além disso, a FPA aposta o desgaste política do prefeito James Gomes para aprofundar o discurso de mudança. O prefeito foi afastado por dois meses, acusado de crime eleitoral e corre risco de sofrer outro afastamento, desta feita por desmandos administrativos.

Dez partidos

Daniel Nogueira, que era do DEM e agora está no PP, será o candidato da oposição à Prefeitura de Porto Acre, a cidade histórica que fica a 60 km de Rio Branco. Na tarde de sábado passado, no Clube do Santos, dez partidos se reuniram e oficializaram o nome de Daniel como pré-candidato. Também indicaram o vereador Barãozinho, o campeão de votos em 2012, como pré-candidato a vice-prefeito.

Bom exemplo

Ao que parece, os partidos de oposição em Porto Acre estão agindo de forma inteligente. Bem diferente dos mesmos partidos da capital. Em Rio branco, cada partido de oposição tem um candidato. O PSDB, que deveria servir com bom exemplo, afinal é o maior partido de oposição em nível nacional, já apresentou quatro pré-candidatos. Parece piada, mas é verdade.

Carreira solo

Mas como não há nada perfeito, só pra contrariar, o PMDB do ex-prefeito Rui Coelho decidiu seguir carreira solo. Rui foi eleito pelos partidos de oposição, mas depois andou flertando com o PT e os demais partidos de Frente Popular. Mas agora, no PMDB, Rui demonstra não ter mais nenhuma recaída pela FPA. O ex-prefeito prestigiou o ato de lançamento da pré-candidatura de Daniel.

Fora da disputa

O prefeito Carinhos Portela (PSDB) já deixou bem claro que não será candidato à reeleição. Em maio do ano passado, Carlinhos fez uma avaliação e decidiu não ser candidato para poder adotar algumas medidas administrativas e amenizar os efeitos da crise financeira que atinge União, Estados e Municípios.

Favorito

Segundo informações, o ex-deputado Bené Damasceno, que trocou o PMDB pelo Pros, do empresário Roberto Princesinha, aparece como favorito na disputa pela Prefeitura de Porto Acre. Claro que a FPA não acreditava nessa união de dez partidos em torno da pré-candidatura de Daniel Nogueira. A Frente Popular sabe que assim o quadro muda e fica mais difícil voltar a comandar a prefeitura.

Futurologia

Presidente regional do PSDB, deputado Wherles Rocha afirma que o partido terá candidato ao governo e ao Senado em 2018. O deputado dirigente deveria se preocupar, primeiro com a disputa eleitoral deste ano, mas prefere fazer “futurologia”. Além disso, ao que parece, o PSDB não está muito preocupado com alianças.

Deu a senha

Nas estrelinhas, Rocha acaba dando a senha: com tantos pré-candidatos, o PSDB vai acabar ficando fora da disputa pela Prefeitura de Rio Branco este ano. Ao retirar sua pré-candidatura, a professora Socorro Neri acabou deixando os tucanos meio sem norte. O caminho natural é o PSDB apoiar Eliane Sinhasique e indicar seu vice.

 

Artigos Publicados

Clamor

Senador

Nas redes sociais

Aprovado

Tava na cara