Colunistas

Plano de Recuperação Verde é lançado durante Fórum de Governadores da Amazônia Legal

O governador Gladson Cameli (PP) participou do 23° Fórum de Governadores da Amazônia Legal, na manhã de sexta-feira, por meio de videoconferência. O ponto alto do evento foi o lançamento do Plano de Recuperação Verde (PRV). A reunião contou com a participação dos demais governadores dos Estados que integram a região.

O plano consiste em uma estratégia de transição para uma economia verde na Amazônia, tendo como principal objetivo a redução das desigualdades sociais, baseado na geração de emprego e renda, e o crescimento econômico sustentável.

Trata-se de uma iniciativa do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável da Amazônia Legal que tem colaboração de entidades nacionais e internacionais, organizações da sociedade civil e comunidades locais.

Formada por nove Estados, a Amazônia Legal ocupa mais da metade do território brasileiro, possui 80% da cobertura vegetal nativa preservada e tem 29,3 milhões de habitantes.

Entre os pontos levantados pelo plano está o fim do desmatamento ilegal até 2030; combate às desigualdades de renda, raça, gênero e de acesso a serviços e infraestrutura básica; geração de empregos na floresta, áreas rurais e centros urbanos; e transição para uma nova economia verde com maior sofisticação tecnológica e potencial exportador.

Conversei com o governador Gladson Cameli sobre o assinto e este afirmou que, o lançamento do PRV é um momento histórico, porque posiciona a Amazônia para a comunidade brasileira e internacional. Isso demonstra que os estados amazônicos estão unidos e têm propostas no enfrentamento aos problemas, que são comuns entre nós. Ele acredita muito no sucesso do plano e, com muito trabalho, o governo do Acre vai alcançar as metas estabelecidas.

O governador destacou a necessidade de buscar alternativas econômicas sustentáveis para o desenvolvimento da Amazônia, principalmente, para a sua população. Ele lembrou que quase 30 milhões de brasileiros moram aqui, essas pessoas precisam de emprego e renda para quem possam ter uma vida de qualidade. Mesmo sendo defensor do meio ambiente, o governar sabe que precisamos encontrar soluções para o crescimento da nossa região, assim como ocorreu em outros lugares do Brasil.

Na mesma reunião, os governadores aproveitaram para discutir a estratégia de participação do Consórcio da Amazônia Legal na Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP 26), que será realizada em novembro, no Reino Unido, e da COP da Biodiversidade, marcada para outubro, na China. Os eventos são considerados os mais importantes na discussão de questões climáticas, contando com a participação dos principais líderes mundiais. O governador quer unir desenvolvimento com preservação ambiental e combater a biopirataria com biotecnologia.

Abertura

Presidente da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), deputado Nicolau Junior (PP) defende abertura por parte do PP, tanto do candidato a vice-governador, quanto de senador na chapa liderada pelo governador Gladson Cameli, em 2022. As declarações foram dadas ontem, durante entrevista ao programa Boa Conversa, no portal ac24horas.

Colisão

Em parte, o pensamento do deputado Nicolau Junior é correto, sobretudo no que se refere ao candidato a vice-governador. No entanto, em relação ao Senado, o deputado entra em rota de colisão com a presidente regional do PP, senadora Mailza Gomes, sua colega de partido. Mailza é candidatíssima ao Senado e t mapio da direção nacional do partido.

Mais professores

Governador do Acre, Gladson Cameli (PP) empossou nesta segunda-feira, 19, 56 novos professores que vão compor os quadros da Secretaria Estadual de Educação. Ele exaltou a necessidade de investir na área e assegurou apoio para a imunização dos profissionais para um eventual retorno das aulas presenciais.

Record

“Honrando nosso compromisso, empossamos hoje 61 novas professoras e professores da rede estadual de ensino que vão atuar em Rio Branco, Porto Acre e Senador Guiomard. Desde que assumi, em 2019, já contratamos 604 professores efetivos. Podem ter certeza que nenhum outro governo na história do Acre aumentou tanto o quadro de docentes quanto o nosso”, comentou Gladson.

Um grande marco

Gladson classificou a educação como um marco do desenvolvimento social e econômico. “A educação é a base do desenvolvimento econômico e social. Tenho plena consciência disso e não tenho medido esforços para oferecermos aos nossos educadores as melhores condições de trabalho e de vida”, concluiu.

Pesquisas

Segundo Nicolau Junior, as pesquisas eleitorais irão nortear definição do candidato a vice-governador e o candidato ao Senado. O nome a compor a chá como candidato a vice- segundo o deputado, terá que ser alguém

Composição

“Temos a candidatura da Mailza que é do PP e tem outros candidatos que estão buscando essa candidatura em 22 e a questão do vice também, mas vai ter que ter as composições políticas. Não tem como o PP ficar com isso tudo e vamos ter que ceder pra fazer a composição e um dos fatores principais vão ser as pesquisas que vão nortear as escolhas.

Rodrigues Alves

A Prefeitura de Rodrigues Ales, no Vale do Juruá, sediou, na sexta-feira, a Reunião de Fronteiras para Prevenção e Controle da Malária no Vale do Juruá. O encontro aconteceu no Auditório da Escola Cunha Vasconcelos e contou com a presença de várias autoridades sanitárias. Na região, a Malária preocupa tanto quanto a ovid-19.

Confusão

Prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom (PP), realizou uma visita ao bairro Vitória, em Rio Branco, neste sábado, 17, para prestigiar a posse do presidente da Associação de Moradores. Mas acabou se irritando com cobranças feitas por um morador da região que falou em relação aos buracos nas ruas. A conversa acabou em confusão.

O começou

Tudo começou quando a equipe do prefeito estava ressaltando a importância de um presidente de bairro junto a prefeitura da capital. Foi então que o morador, que é ex-policial militar, acabou cobrando o prefeito quando os buracos da cidade seriam recuperados, Bocalom, imediatamente interrompeu a conversa e diz que os transtornos não são referentes a sua gestão.

Acostumado

Diretor de Comunicação da Prefeitura e Rio Branco, jornalista Ailton Oliveira explicou que o homem envolvido na polêmica já é acostumado a agir contra o prefeito. “Ele já havia protagonizado outras situações. Uma vez, o Bocalom estava almoçando e ele colocou mensagens para amigos para pegar ele em uma pensão”, argumentou.

Negociação

Presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado do Acre (Sinteac), professora Rosana Nascimento se reuniu nesta segunda-feira, 19,  com o prefeito Tião Bocalom (PP e a secretária municipal de Educação, professora Nabiha Bestene. Ela recebeu documento com a proposta referente à pauta de reinvindicação apresentada pela categoria. O assessor de Assuntos Políticos, Helder Paiva, também participaram do encontro.

Satisfatório

A sindicalista classificou como satisfatória proposta da prefeitura e prometeu reunir a categoria para discutir a sugestão da gestão municipal. “O encontro de hoje é para fechar a pauta do que a gente vinha negociando, porque a gente vai ter a paralisação revista para terça-feira, quarta-feira e quinta-feira, porém, amarrando os pontos que estavam previstos para terça-feira, 20 a gente apresenta para a nossa categoria para ser avaliado”, explicou.

Avaliação

“Considero, está atendendo uns pontos que a gente reivindicou e outros vão para avaliação, porque têm que ser avaliados econômica e juridicamente, mas acredito que amanhã estará tudo certo, tudo positivo para a nossa categoria”, acrescentou a líder sindical, que na sexta-feira, em entrevista ao programa RB Notícias, ao vivo, na TV Rio Branco-SBT, criticou a postura da prefeitura por não ter apresentado verão a respeito da pauta de indicações.

Artigos Publicados