Colunistas

O lamento, o desabafo e o clamor de um senador que perdeu dois assessores

Coordenador da bancada federal do Acre, senador Sérgio Petecão (PSD-AC), usou as redes sociais nesta quinta-feira, 04, para lamentar a morte de dois assessores provocadas por Covid-19, nas últimas 48 horas, em Rio Branco: Raimundo Nonato da Silva Lima, o Doca, e Carlos Alberto Nascimento, o Beto. Petecão começa fazendo um lamento, depois fala em tom de desabafo e termina fazendo um clamor ao nosso Deus.

O senador afirmou que está se sentindo fraco e insignificante. “As lágrimas fazem parte do afeto, do carinho e da gratidão. O que estou sentindo neste momento é uma fraqueza, uma insignificância e uma preocupação grande, com o que está por vir, para o povo do meu Estado. Fico muito triste só em imaginar o que as pessoas estão passando nestas unidades de saúde”, afirmou.

Em entrevista ao site “Antagonista”, o senador acreano confessou que se sente arrasado com a morte dos seus assessores, tratados por ele como  irmãos. “Os caras não eram assessores, eram meus irmãos. Estou arrasado, cara. Este estado está lascado”, afirmou.

“Estou me sentindo insignificante. Eu vim para cá ontem tentar ajudá-los e não consegui. Eu não consegui uma UTI para eles. Estou arrasado, cara. A família deles gritava comigo, pedindo socorro. E eles morreram sofrendo, fora da UTI. É uma loucura isso, cara. Imagina o que esse povo está passando. Estou arrasado demais, eu estou me sentindo uma bosta”, escreveu.

O senador revelou que se humilhou por uma Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) para os dois e revela que um dos seus assessores chamado “Doca” pedia para sair do Into, unidade escolhida para referência de casos de Covid-19.

“Nunca pensei que pudesse passar por tanta humilhação. Corri, pedi, pedi, me humilhei para conseguir uma UTI, uma UTI, o BETO a família depois de muita luta, e muita humilhação conseguiram uma UTI no Pronto Socorro, acho, só acho que o BETO morreu sofrendo menos. O Doquinha de Manaus como a gente chamava não teve a mesma sorte, morreu sofrendo muito, pedindo para sair dali, uma tal de sala vermelha, depois me disseram que a tal sala da morte.

“O argumento é que não podia mexer no paciente, fiquei sabendo que a situação é tão grave, gravíssima que Pacientes com parada cardíaca o pessoal da limpeza está ajudando a reanimar. Tentei falar com todas as autoridades, do governador aos assessores mais importantes. Quero aqui agradecer de coração aqueles que tiverem a consideração de pelo menos atender o telefone”.

Eu sei que isso está quase normal aqui no nosso estado, isso não pode ser normal. Está morrendo muita gente!!!!!. Hoje estou sofrendo muito, perdi dois irmãos, o Beto e o Doca. Espero que ninguém passe pelo que estou passando neste momento. Deus tenha misericórdia do Acre, só o senhor pode nos ajudar”, clamou o senador.

Tomografia

Diagnosticado com Covid-19 na segunda-feira, 1, o governador Gladson Cameli segue nesta apresentando ainda sintomas leves da doença com dor de cabeça, corpo e gripe. Também chamado de planigrafia e estratigrafia, o exame feito nesta quinta-feira, não apresentou alterações nos pulmões do governador.

Em repouso

O governador começou a sentir os sintomas exta-feira, 26, mas teve forte indisposição mais forte na segunda, quando decidiu não sair de casa, mas não deixou de despachar. Gladson Cameli informou, por meio das redes sociais, que continuaria trabalhando de casa. Ele continua em repouso e estável.

Coerente de oração

Um grupo de pastores decidiu promover corrente de oração em gente ao prédio onde mora p governador Gladson Cameli (PP), na proximidades da avenida Antonia de Rocha Viana, no bairro Vila Ivonete. Na oração, os pastores lançaram palavras de fé e unção e rogaram a Deus para que  recupere a saúde do governador e de todas as outras pessoas infectadas pela doença chinesa.

Acordo

Após o governo do Acre divulgar edição extra do Diário Oficial do Estado (DOE) adiando as medidas restritivas de fechamento do comércio para o outro final de semana, o presidente da Acisa, empresário Marcello Moura, informou que a decisão partiu de um acordo comum entre entidades do comércio, governo e Ministério Público do Estado do Acre.

Em Brasília

Secretário de Estado da Saúde, Alysson Bestene, antes de pedir afastamento do cargo, participou na manhã desta terça-feira, 2, de uma reunião na sede do laboratório farmacêutico União Química, em Brasília, representando o governador Gladson Cameli.

Mais vacina

O evento, que reuniu a maioria dos governadores ou seus representantes, foi para a empresa anunciar que, a partir de agora, está à frente da fabricação e venda das vacinas russas Sputnik V, imunizante para a Covid-19.

Intenção de Gladson

“O governador Gladson Cameli já havia manifestado a intenção de comprar as vacinas diretamente pelo governo do Estado. Caso essas compras diretas sejam aprovadas na Câmara dos Deputados, teremos novas possibilidades de combate à pandemia”, afirmou Alysson.

Esquisito

Dos 55 idosos moradores do Lar Vicentinos, em Rio Branco, 23 estão contaminados pelo novo coronavírus e dois morreram nessa semana por complicações da doença. A notícia foi confirmada pela responsável do Núcleo Estadual da Saúde do Idoso e enfermeira plantonista do abrigo, Ana Cristina de Oliveira.

Leves e moderados

Os exames de RT-PCR que confirmaram os resultados positivos em massa para a doença foram recebidos pela instituição. São 13 são do sexo masculino e 10 do sexo feminino. Os 23 moradores já foram imunizados com a segunda dose da vacina, mas apresentam sintomas, mesmo que de forma leves e moderados.

Doses suplementares

Deputada Federal Mara Rocha (PSDB-AC), protocolou, na quarta-feira, 03, ofício e conversou com a assessoria do Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, para solicitar o envio, imediato, de doses suplementares de vacinas a fim de garantir a imunização dos estudantes de medicina que estão atuando na linha de frente de combate à Covid-19, no Acre.

Explicação

“Fui procurada por representantes dos estudantes de medicina, da UFAC e Uninorte, que estão cumprindo estágio curricular nas Unidades de Saúde do Estado atendendo casos do novo Coronavírus. São estagiários, em vias de conclusão do curso, que estão abrigados no Plano Nacional de Imunização pois prestam atendimento a pacientes infectados”, explicou.

Investigação

Secretário municipal de saúde, Frank Lima, afirmou que vai fazer investigação para se eles realmente adquiriram a doença ou se é reação ao vírus. “Vamos acionar a vigilância para poder fazer investigação sobre isso”, afirmou.

Alan infectado

Deputado federal Alan Rick (DEM), que participou da entrevista coletiva do presidente Jair Bolsonaro no Acre na semana passada, dia 25, no Aeroporto Internacional de Rio Branco, testou positivo para Covid-19. A confirmação foi dada pelo próprio parlamentar em suas redes sociais.

Isolamento

“Meus amigos, testei positivo para a covid-19. Já estou em isolamento e fazendo uso da medicação prescrita e tomando todos os cuidados para que a gente possa voltar o mais rápido possível a vida normal e as atividades presenciais”, disse o deputado.

Nada a ver

Alan fez questão de afirmar que sua infecção nada tem a ver com o Presidente Jair Bolsonaro, que esteve no Acre, na semana passada. “Logo que voltei de Acrelândia onde assinei junto com o governador a ordem de serviço da reforma e ampliação do hospital do município que é fruto de emenda individual minha. Não tem nada a ver com o Bolsonaro”, afirmou.

Vereadores infectados

O vereador Célio Gadelha (MDB) foi internado no final da tarde desta terça-feira, 02, na Pronto Clínica em decorrência da Covid-19, em Rio Branco. O líder do MDB na Câmara, Emerson Jarude, comunicou nas suas redes sociais, que também testou positivo para a Covid-19.

Gravidade

A família internou o parlamentar após exames mostrarem que o parlamentar testou positivo para a doença. A família emitirá um boletim na quarta-feira, 03, acerca do seu estado clínico. Segundo informações, o parlamentar foi submetido a uma tomografia computadorizada, devido a agressividade dos sintomas.

Posse no TRE-Acre

A presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Acre (TRE-AC), desembargadora Denise Bonfim, empossou, na manhã de terça-feira, 2, Armando Dantas do Nascimento Júnior, como membro efetivo da Classe de Advogado da Corte Eleitoral Acreana, para o biênio 2021/2023. Ele exerceu o mesmo cargo no biênio 2018-2019.

Boa vindas

Após a leitura do termo de posse, a saudação ao novo integrante da Corte Eleitoral ficou por conta do juiz-membro do TRE-AC, Hilário Júnior, que fez um breve histórico da vida profissional do membro empossado, desejando-lhe boas-vindas ao Tribunal.

Artigos Publicados