Colunistas

Bocalom e Marfisa tomam posse na Câmara prometem muito trabalho na Prefeitura

O novo prefeito de Rio Branco, professor Tião Bocalom (PP) e a vice-prefeita, professora da Educação Física Marfisa Galvão, chegaram juntos para tomarem posse no plenário da Câmara Municipal, na tarde noite de sexta-feira, primeiro de janeiro.Pontual e humilde, como sempre, Bocalom chegou dirigindo o próprio carro, um Fiat Pálio 2013. Ainda no estacionamento, Bocalom e Marfisa cumprimentaram servidores do Poder Legislativo, autoridades e correligionários e concederam entrevista coletiva à imprensa.

O prefeito fez questão de revelar que o terno azule marinho, usado na posse, é o mesmo que ele usou ao ser empossado como prefeito de Acrelândia, em 2001 e em 2005. Bocalom garante que a história de Rio Branco irá mudar a partir de 2021 com seu modelo de desenvolvimento. Ele diz ter absoluta certeza que o projeto que vem defendendo ao longo dos últimos 20 anos: Produzir para Empregar, será definitivamente implantado.

O novo prefeito acredita que sua vice, Marfisa, será uma grande “mãezona” de Rio Branco. O prefeito garantiu que papel da vice- prefeita, Marfisa Galvão, em sua gestão, será de destaque. Afirmou, ainda, que vai priorizar todos os setores, na medida do possível, já nos primeiros 100 dias de gestão. Bocalom e Marfisa foram eleitos com 104 mil votos, mas vão governar para mais de 413 mil habitantes.

A agora ex-prefeita, professora Socorro Neri (PSB) compareceu para entregar a faixa ao novo prefeito. Ela parabenizou o prefeito pela vitória, desejou boa sorte ao sucesor e afirmou que deixa o cargo de cabeça erguida, ciente de que fez o melhor pela cidade e a população. A ex-prefeita foi surpreendida pelo novo presidente da Câmara, vereador Nogueira ima (PP), seu maior críitico. Lima fez um apelo à ex-prefeita para ela não sair do cenário político. "Nossa política precisa de gente competente e honesta como a senhora, afirmou Lima".   

Perfil

Natural de Bela Vista do Paraíso (PR), Bocalom, tem 67 anos, é formado em matemática, pela Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Mandaguari (Fafiman) e em Ciências Físicas e Biológicas, pela Faculdade de Ciências Físicas e Biológicas de Umuarama, também no Paraná.

Carreira política

O novo prefeito de Rio Branco começou sua carreira política como vereador em Nova Olímpia, no Paraná. Ele tem um patrimônio de R$1.240.000,00 e a lista de bens inclui carros, terrenos e casa.

Acrelândia

No Acre, Bocalom indicou sua carreira política como primeiro prefeito de Acrelândia, eleito em outubro de 1992. Oito anos depois, em 2000, Bocalom foi eleito e reeleito em 2004.

Nova vice-prefeita

Já a nova vice-prefeita Marfisa Galvão (PSD), tem 41 anos, é casada com o senador Sérgio Petecão (PSD), foi deputada federal na legislatura anterior e é formada em Educação Física.

Posse dos secretários

Após o prefeito Tião Bocalom (PP) tomar posse no plenário do Poder Legislativo, realizou a primeira reunião na sede da prefeitura, onde anunciou os nomes dos secretários e diretores que irão compõem sua equipe.

Responsabilidade da vice

A vice-prefeita Marfisa Galvão assume a Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos, respondendo pela Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer e Fundação Garibaldi Brasil. Marfisa assume uma grande responsabilidade.

Reconhecimento

Bocalom reconheceu que está assumindo uma prefeitura sanada pela ex-prefeita Socorro Neri (PSB). Bocalom também falou da vitória nas eleições. “Deus quis que fosse agora, depois de tanta luta”.

Gestão participativa

Ele garantiu que irá honrar os votos que recebeu, que somaram mais de 62% dos votos válidos. “Nossas propostas serão de uma gestão participativa, indo ao encontro das demandas da nossa população”.

Trocou Senado pela PMRB

Artur Lima Neto é o secretário de Planejamento, respondendo pela Casa Civil. Ele era assessor da senadora Mailza Gomes (PP), mas preferiu trocar o Senado pela Prefeitura de Rio Branco.

Sonho realizado

A vereadora constituinte e professora aposentada da Ufac, Nabiha Bestene é a nova secretária municipal de Educação. Ele não nega que sonhou com o cargo e garante que vai trabalhar com muita dedicação para corresponder à expectativa do prefeito e da população.

Trinta anos depois

Em 1989, com a posse do prefeito Jorge Kalume, Nabiha seria convidada para ser secretária de Educação, a época chamada de Semec. Mas o prefeito Kalume mudou de ideia e a convidou para ser sua líder na Câmara de Rio Branco.

Papel inverso

O ex-dirigente sindical e partidário, Frank Lima, assume a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa). Depois de vários anos sendo sindicalista,  Lima vai cumprir papel inverso. Agora ele, encontra-se do outro lado do balcão.

O homem das finanças

Antônio Cid Ferreira tomou posse como secretário de Finanças, mas responderá também pela Secretaria de Gestão Administrativa e Tecnologia da Informação.

Polêmica

A nomeação mais polêmica foi, sem dúvida, a de Valmir Alexandre Médici, o novo scretário de Infraestrutura e Mobilidade Urbana, respondendo ainda pela Emurb. Ele é tio do ex-prefeito Marcus Alexandre, mas nunca foi petista, nem vootou no sobrinho.

Fiéis escudeiros

Joabes Lira de Queiroz será secretário de Zeladoria da Cidade, respondendo pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente. O jornalista Ailton Oliveira foi confirmado como diretor de Comunicação. São dois fiéis escudeiros de Bocalom.

Os militares

Major Cláudio Falcão é o novo titular da Coordenação de Defesa Civil. O coronel Ezequiel Bino, que foi comandante-geral da PM,  é chefe do Gabinete Militar.

Difícil missão

Eracides Caetano foi empossado como secretário de Agricultura Familiar e Desenvolvimento Econômico. Ele terá a difícil missão de apoiar a produção e tirar do papel o projeto defendido pelo prefeito: Produzir para Empregar.

RBprev e RBTrans

O advogado Osvaldo Rodrigues Santiago, ex-presidente municipal do PP, tomou posse como diretor-presidente do Instituto de Previdência do Município de Rio Branco (RBPrev). Anízio Cláudio de Oliveira ficou com a superintendente Municipal de Transporte e Trânsito ((RBTrans).

Procuradoria-geral

Francisca Araújo da Mota foi empossada como procuradora-geral do município. Segundo o prefeito Tião Bocalom, os secretários e demais membros da equipe têm notório saber, conduta ilibada e afinidade com o novo projeto político-administrativo.

Estratégia

A estratégia do vereador Nogueira Lima (PP) de unir forças com o PDT, da vereadora Michele Santigo, a mais votada em outubro e com o PSB do vereador Antonio Moraes, funcionou e ele não encontrou muitas dificuldades para ser eleito como novo presidente do Poder Legislativo.

Artigos Publicados

A chegada de mais vacina e o toque de recolher

Quem é o novo chefe da Casa Civil do governo

Governador sabe a importância da vacina