Colunistas

Avanço do novo coronavírus preocupa autoridades

Segundo alguns médicos infectologistas, não é mais uma segunda de onda Covid-19, mas sim uma nova pandemia com casos aumentando de forma mais rápida e a rede pública agora não tem mais par onde expandir na mesma velocidade da doença.

O governo decidiu transformar a Unidade de pronto Atendimento do Tucumã (UPA), em uma espécie de Hospital de Campanha, mas as adaptações levam algum tempo para serem concluídas.

Outra opção seria voltar a usar a UPA do Segundo Distrito também para atender a demanda.   A referida UPA já funcionou como Central de Atendimento aos casos de Covid-19, mas foi desativado no final do ano passado, quando os casos apresentaram considerável queda, tanto de infecção, quanto de óbitos.

Nos outros 21 municípios acreanos, o quadro também é preocupante, sobretudo em Cruzeiro do Sul, a segunda maior cidade e na Região do Alto Acre, novamente em Xapuri e Brasileia, onde dezenas de pacientes aguardam vaga em UTI em Rio Branco. Alguns acabam morrendo por falta de atendimento mais avançado.

A Secretaria Municipal de Saúde mantém seis pontos de vacinação em Rio Branco – três improvisados em draive-tru, onde os idosos são atendidos no interior dos carros, tornando o processo ainda mais rápido e em três centros de Saúde.

O secretário municipal de Saúde, Frank Lima voltou a firmar que as prioridades no momento ainda são os servidores da Saúde e os idosos com díade acima de 74 anos. Ele pede apenas calma para evitar filas nos pontos de vacinação.

O governo do Acre recebeu na tarde desta quarta-feira, 03, o quinto lote da CoronaVac, vacina produzida pelo Instituto Butantan, de São Paulo, em parceria com o laboratório chinês Sinovac. Neste lote, são 5.200 doses, que serão usadas, exclusivamente, em idosos de 70 a 89 anos.

os imunizantes deste lote serão despachados proporcionalmente para os 22 municípios. Ainda não se sabe quando começará a próxima etapa de vacinação dos idosos de 70 a 73 anos, já que as vacinas ainda serão distribuídas nas próximas horas aos 22 municípios do Acre. Até agora, o Governo do Acre recebeu ao total mais de 60 mil doses do imunizante -  Coronavac e AstraZeneca/Oxford, nos últimos 45 dias.

Insuficiente

Enquanto a quantidade de vacina não é suficiente para contemplar toda população, centenas de pessoas com sintomas de covd-19, enfrentam filas, diariamente, em busca de atendimento no Instituto de Traumatologia e Ortopedia (Into), onde funciona o que podemos chamar de Centro de Atendimento aos pacientes infectados pelo novo coronavírus.

Falta testes

O problema se agrava pelo fato de não haver oferta de testes para atender toda a demanda e o poder público não dispor mais de vagas em enfermarias, nem em leitos de Unidade de Tratamento Intensivo, a famosa UTIs. Resumindo: o sistema de saúde do Acre sofreu um colapso. Na rede particular o quadro também não é diferente.

Ele não resistiu

Pastor evangélico Rodson Souza sofreu ataque cardíaco na manhã desta quarta-feira, 03, e não resistiu.  O líder evangélico estava internado há 11 dias, em uma das Unidades de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital de Campanha, montado no Instituto de Traumatologia e Ortopedia (Into), em Rio Branco, lutando contra o novo coronavírus.

Trajetória

Rodson trabalhou comigo na assessoria de Imprensa da Câmara de Rio Branco, na gestão do presidente Juracy Nogueira (PP) e foi diretor-geral da Pronto Socorro de Rio Branco e ouvidor da Secretaria Estadual de Saúde (Sesacre), no governo Tião Viana. É mais um acreano de valor que parte deixando saudade.

Triste notícia

A triste notícia foi divulgada, nas redes sociais, pela filha de Rodson, Tallita Craveiro. Ele afirmou que o ai teve uma parada cardíaca. Talita agradeceu aos que enviaram mensagens de carinho recebidas pelo pai. Segundo Tallista, Rodson Souza completaria 52 anos no próximo dia 14 de março.

Grande perda

Dona Antonieta Bestene Lins, 72 anos, mãe do secretário estadual de Saúde, doutor Alysson Bestene Lins morreu na manhã desta quarta-feira, 03, em um UTI do Hospital beneficência Portuguesa, em São Paulo (SP), vítima de complicações gastrointestinais. Ela estava internada há quase um mês.

Família e políticos

Antonieta também é irmã do líder do PP, na Assembleia Legislativa do Estado do Acre Aleac, deputado José Bestene; do saudoso deputado Félix Bestene e da secretária municipal de Saúde, professora e ex-vereadora constituinte Nabiha Bestene e tia do vereador Samir Bestene (PP).

Afastamento

O secretário de Saúde Alysson Bestene havia pedido afastamento pelos próximos dias do cargo para acompanhar a situação de sua mãe em São Paulo. “Perdemos nossa Antonieta! Minha irmã, Antonieta Bestene Lins, faleceu na manhã de hoje”, escreveu o secretário.

Amor e humildade

“Ela cumpriu, com amor e dedicação ,sua missão entre nós, como mãe, esposa, irmã, avó e ser humano. Nossa família perde nosso exemplo de amor e humildade. Que Deus a receba em sua Glória”, escreveu o deputado Jose Bestene, em suas redes sociais.

Ela vai fazer falta

Tive o prazer e o privilégio de conhecer dona Antonieta Bestene em 1988, na campanha vitoriosa de Jorge Kalume a Prefeitura de Rio Branco. Nesse Ano, a professora foi eleita vereadora e atou como líder do prefeito na Câmara.

Muito humana

Sempre foi uma mulher simples, atenciosa, prestativa e bem humorada. Que acolha nossa amiga na Glória e, ao mesmo tempo, conforte sua honrada família. Descanse em paz, amiga!

Artigos Publicados