BR-364 e BR-425 seguem interditadas pelo 2° dia devido a protesto entre RO e AC

A BR-364 e a BR-424 continuam fechadas, nesta quinta-feira (30), por causa do protesto organizado por moradores. Eles pedem o retorno das aulas, melhorias na segurança e também em estradas. O ato pacífico é acompanhado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Segundo a PRF, a interdição ocorre no Distrito de Abunã, no entroncamento da BR-425 com a BR- 364.

Com o bloqueio da comunidade, motoristas que saem de Porto Velho não conseguem ter acesso ao estado do Acre e também aos municípios de Guajará-Mirim (RO) e Nova Mamoré (RO).

O manifesto começou na quarta-feira (29), pois, segundo os moradores, estudantes da localidade estão sem aulas há 15 meses. Além da reivindicação por transporte escolar, o protesto é feito para cobrar reparos nas estradas. De acordo com moradores, há mais de quatro anos não são realizadas manutenções nas vias.

A falta de segurança também preocupa a população. Segundo os manifestantes, na região acontecem assaltos com frequência, principalmente em residências.

 

G1/Rondônia

 


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.