O Rio Branco

Hoje é 23 de Outubro de 2017

Trânsito

Jovem perde parte de perna após chocar moto contra taxi na BR 317

13 de Abril de 2017 às 10:08:44

Era por volta das 19h30 desta quarta-feira, dia 12, quando socorristas dos Bombeiros, foram acionados para irem até o km 3 da BR 317, sentido Brasileia/Assis Brasil, onde teria acontecido um acidente envolvendo motos e um carro.

No local, perceberam que havia duas pessoas feridas no chão, sendo que uma estava com parte da perna esquerda amputada. O outro sofreu fraturas também na perna esquerda e foi socorrido por homens do SAMU, mas, ambos estavam conscientes, porém machucados.

Dionemar Lanes da Cruz (18), que perdeu parte da perna, chegou primeiro no hospital de Brasiléia, este recebeu os primeiros socorros e precisaria de cirurgia. O segundo, foi identificado como seu irmão, Junimar Lanes da Silva (16), que foi levado para a sala de raio-x, afim de verificarem a gravidade de sua perna.

O motorista do carro modelo Voyage/VW, placas NXS 4888, Daniel Lanes Assis (35), ficou no local para dar esclarecimentos às autoridades e assistência caso necessário. Este teria dito que é primos dos jovens que estavam nas motos.

Detalhe do local onde aconteceu o choque que amputou a perna do jovem.

Segundo sua versão que bate com uma testemunha que estava próximo ao local do acidente, os irmãos estariam indo rumo ao km 8, onde mora os familiares quando aconteceu o acidente, e ambos trafegavam lado a lado ao invés de fila indiana.

Daniel disse que dirigia em sua mão normalmente e achava que seria um carro que vinha sentido contrário, já que os faróis estavam alinhados. Quando se aproximou, somente sentiu o impacto no canto esquerdo da frente do carro e parou mais a frente para prestar ajuda.

Momento da chegada de Junimar, que teve a perna fraturada.

Este fez o teste do bafômetro na delegacia de Brasiléia, onde acusou que estava livre de qualquer nível de álcool no sangue. Os irmãos, após serem atendidos no hospital de Brasiléia, foram transferidos para a Capital, e serem cirurgiados.

O veículo taxi e as motos foram levados ao pátio do Ciretran em Brasiléia. As autoridades estão investigando o caso e somente com dados, poderão se pronunciar oficialmente.

Parte da perna amputada após o choque foi resgatada e entregue no hospital.

 

 

Taxista Daniel fez teste do bafômetro e nada foi acusado.

 

 

Oaltoacre

 

 




Compartilhar