O Rio Branco

Hoje é 19 de Outubro de 2017

Saúde

Projeto Mulher Cidadã atende comunidade rural de Xapuri

27 de Setembro de 2016 às 12:01:45

Moradores da comunidade Rio Branco da Reserva Extrativista Chico Mendes, em Xapuri, foram beneficiados no sábado, 24, com a 14ª edição do Mulher Cidadã/Saúde Itinerante.

Cerca de 350 pessoas foram atendidas com os serviços de saúde, educação, jurídicos e sociais.

Implementado pelo governo do Estado, por meio do gabinete da vice-governadora Nazareth Araújo, o Mulher Cidadã tem entre seus objetivos ampliar o acesso aos serviços básicos de saúde, junto as comunidades de difícil acesso do estado, além de incentivar o empreendedorismo local e a valorização da mulher.

Para a vice-governadora Nazareth Araújo, a ação é um exemplo de que o estado se preocupa com o bem-estar da população. “É uma alegria para a equipe de governo levar os mais diversos tipos de atendimentos a quem mais precisa, oferecendo, com isso, qualidade de vida e dignidade aos acreanos”, relatou.

Diversos atendimentos são realizados durante a ação, beneficiando diversas pessoas (Foto: Cedida)

Diversos atendimentos são realizados durante a ação, beneficiando diversas pessoas (Foto: Cedida)

Estão entre os resultados esperados pelo projeto o de contribuir no planejamento familiar e na redução das doenças ginecológicas, orientar sobre a prevenção de doenças sexualmente transmissíveis e diminuir os índices de gravidez na adolescência e a incidência do câncer de colo de útero, entre outros.

A produtora rural Delziane dos Santos foi uma das muitas mulheres que buscaram atendimento. “Projetos como esses nos permitem viver melhor. Busquei atendimento pediátrico para meus filhos e ginecológico para mim. Saio daqui feliz e com a certeza que existem pessoas preocupadas com quem mora na zona rural e não tem facilidade em se deslocar em busca de atendimento médico e social”, confessou.

Foram oferecidos também exames de ultrassonografias, preventivo do câncer do colo útero e exames laboratoriais – bioquímicos, hematológicos, sorológicos, imunológicos, hormonais, urinálise e ainda serviço de farmácia e atendimentos sociais.

A ação tem levado cidadania e qualidade de vida para as pessoas que mais precisam (Foto: Cedida)

A ação tem levado cidadania e qualidade de vida para as pessoas que mais precisam (Foto: Cedida)

A dona de casa, Claudiana Pereira contou que a saúde está em primeiro lugar. “Quando sei que ações como estas vão acontecer, mobilizo toda a família para podermos desfrutar do que o governo tem a nos oferecer em diversas áreas. Além dos atendimentos de saúde, recebemos orientações sobre planejamento familiar, uso indevido de drogas e acessamos serviços nas áreas sociais como a atualização do cadastro do programa Bolsa Família”, explicou.

Rodas de Conversas foram realizadas durante todo o dia a respeito da violência contra mulher com base na Lei Maria da Penha e sobre o projeto de Mãos Dadas com a Escola.

Mulher Cidadã

O projeto Mulher Cidadã tem como proponente o gabinete da vice-governadora Nazareth Araújo, sendo executado pelas secretarias de Polícia Civil (SEPC), de Segurança Pública (Sesp), de Meio Ambiente (Sema), de Articulação Institucional (SAI), SEDS, SEE, SEPN, Sesacre e SEPMulheres, e Assessoria da Juventude (Assejuv), Defensoria Pública do Estado (DPE).

Agência 




Compartilhar