O Rio Branco

Hoje é 26 de Setembro de 2017

Saúde

Tião Viana agradece equipe por empenho nos mutirões de cirurgia

24 de Agosto de 2017 às 09:41:23

No último sábado e domingo, o governo realizou um mutirão de cirurgias em Sena Madureira, sendo 14 colecistectomia, 20 de hérnia, 10 histerectomia e uma emergencial, que surgiu em decorrência de corte por arma branca. Este trabalho em equipe vem sendo feito em outras cidades e sempre com um empenho fundamental.

Fruto desse esforço, a equipe foi recebida pelo governador Tião Viana, nesta quarta-feira, 23, na Casa Civil para o devido reconhecimento. “Este encontro é de agradecimento pelo trabalho de vocês. Não vemos em lugar nenhum do Brasil essa dedicação e profissionalismo. Nós queremos que isso se propague e mais profissionais se envolvam e também zerar as filas de cirurgia”, afirmou.

O mutirão, que faz parte do Plano de Cirurgias Eletivas, é um trabalho integrado da Central de Regulação do Hospital das Clínicas (HC) e do Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb). “Vamos seguir valorizando nossos profissionais”, disse Tião Viana, pontuando que são investidos R$ 6,9 milhões no programa.

A equipe, composta por quatro cirurgiões, dois anestesistas e seis técnicos, tem como meta realizar 22 procedimentos cirúrgicos, entre eles procedimentos de hérnia, retirada de pedra na vesícula e histerectomia, que é quando é removido parte ou todo o útero.

O médico Yotaro Suzuki, um dos coordenadores do programa, relatou sobre os desafios e prazeres do trabalho realizado, que já percorreu esse ano Feijó, Sena Madureira, Senador Guiomard, Brasileia, assim atendendo a regional de cada município.

“O nosso movimento de trabalho para o mutirão começa já durante a semana. Nosso ânimo vai aumentando, porque sabemos que quando chegarmos no município teremos muitas pessoas precisando da nossa ajuda”, disse Suzuki. Ele explicou que sempre a partir da quinta-feira começa o preparatório dos equipamentos e envio para os locais dos procedimentos, que sempre ocorrem nos finais de semana.

O sentimento positivo ao realizar o trabalho fora dos horários de expediente e longe de casa, nos dias de acolhimento às famílias, é compartilhado por toda a equipe. Tarcilene Braña, enfermeira da equipe, fala de sua paixão pelo trabalho.

“Todos nós somos muito unidos, trabalhamos realmente em grupo e com amor ao que fazemos. É muito bom ver a felicidade das pessoas atendidas, que possivelmente só teriam aquela chance de receber um procedimento se nós fôssemos até lá”, relata a profissional.

 

Agência




Compartilhar