O Rio Branco

Hoje é 25 de Junho de 2017

Saúde

Hospital das Clínicas realiza mais um transplante de fígado

02 de Maio de 2017 às 08:14:45

O domingo, 30, foi mais um dia de muita movimentação, apreensão e alegria no centro cirúrgico do Hospital das Clínicas (HC) de Rio Branco.  Todos esses sentimentos fazem parte da rotina dos profissionais que integram as diversas equipes necessárias para a captação e transplante de órgãos.

Dessa vez não foi diferente. Já era tarde de domingo quando a equipe médica começou a captação dos órgãos de um doador oriundo de Tratamento Fora de Domicílio (TFD) de Cruzeiro do Sul.

Como sempre, em um transplante, o primeiro passo é contar com o gesto de amor de uma família que perde um ente querido e, mesmo em um momento de dor, autoriza a doação dos órgãos.

Foi o que aconteceu com uma vítima de traumatismo craniano de 43 anos. Após a autorização da esposa, deu-se início ao procedimento de captação dos órgãos. “Após o protocolo de morte encefálica sendo finalizado, a família foi acolhida pela nossa equipe e autorizou a doação. Aí é quando iniciamos toda a logística que envolve profissionais do centro cirúrgico, da UTI, Hemoacre e Samu”, destaca Regiane Ferrari, coordenadora da central de transplantes do Acre.

O transplante de fígado foi realizado imediatamente após a captação e o paciente que recebeu o órgão se recupera bem após o procedimento cirúrgico. Esse já é o 22º transplante de fígado realizado no Acre no período de dois anos. Números que colocam o estado na vanguarda desse tipo de procedimento no Brasil.

As córneas foram enviados para avaliação no banco de olhos do Distrito Federal. Devem retornar ainda esta semana e serão feitos os transplantes. Já os rins, os transplantes acontecem ao longo desta segunda-feira, 1.

“Transplante é sempre assim. A gente corre muito para organizar toda a logística, tem sempre a apreensão que todos os procedimentos deem certo e, por fim, a alegria de saber que graças a um gesto de amor de uma família e aos investimentos realizados pelo governo do Estado estamos conseguindo salvar vidas”, destaca Regiane.

Com mais esses procedimentos, o Acre chega a 300 transplantes realizados desde a implantação do programa, 11 anos atrás.

 

 

Agência




Compartilhar