Tião Viana trata em Brasília do Plano Safra, da Cidade do Povo e de crédito junto ao Tesouro

O governador Tião Viana aplaudiu nesta segunda-feira, 22, a presidente Dilma Rousseff e seu governo por lançar o maior Plano Safra da Agricultura Familiar da história do país, alcançando o valor de R$ 28,9 bilhões, que representam 20% a mais do que fora repassado na última safra, da ordem de R$ 24 bilhões.

Presente ao Palácio do Planalto durante a cerimônia de lançamento do plano que vai atender boa parte dos 4,3 milhões de estabelecimentos rurais da agricultura familiar – setor responsável por 33% do valor bruto da produção agropecuária do país -, o governador Tião Viana fez questão de comemorar outra decisão importante tomada pelo plano.

Trata-se da decisão do governo de assegurar que 30% de suas compras governamentais de alimentos passarão a ser adquiridas da agricultura familiar. “Foi uma decisão maravilhosa a da presidenta Dilma assegurar que 30% das compras governamentais do Programa de Aquisição de Alimentos [PAA] e do Programa Nacional de Alimentação Escolar [Pnae] serão feitas junto aos agricultores familiares”, disse o governador.

Segundo Tião Viana, o Plano Safra da Agricultura Familiar também beneficiará os agricultores familiares do Acre, que tiveram prejuízos com a grande cheia que atingiu a maioria dos municípios banhados pelo Rio Acre. “Certamente nossos pequenos agricultores também serão beneficiados pelo Pronaf”, completou o governador.

Acompanhado pelo secretário de Estado de Planejamento, Márcio Veríssimo, o governador Tião Viana também manteve audiência com o ministro das Cidades, Gilberto Kassab, para tratar da continuação das obras de infraestrutura da Cidade do Povo, que está sendo construída para tirar a população das áreas de risco de alagação na capital do Estado.

O governador também manteve audiência com o secretário do Tesouro Nacional, Marcelo Barbosa, acompanhado do secretário de Fazenda, Tinel Macedo, da assessora especial Flora Valladares, do secretário Márcio Veríssimo e da representante do governo do Acre em Brasília, Gleycy Anne Lamoglia.

Com o secretário do Tesouro, o governador tratou da abertura de um crédito internacional que o Estado já possui há dois anos junto ao Tesouro Nacional, que vai permitir a liberação de novos recursos para o Estado continuar viabilizando sua emancipação econômica e seu desenvolvimento, fortalecendo, por conseguinte, toda a sociedade acreana.

Agência de Notícias do Acre