Em sessão Especial na Aleac, Tião Viana e Nazareth Araújo são empossados chefes do executivo acreano

Wanglézio Braga

“Prometo manter, defender e cumprir as constituições, observar as leis e promover o bem geral do povo acreano”.  Foram com esses votos que Sebastião Afonso Viana Macedo Neves ao ser empossado governador do Estado do Acre ao lado de Maria Nazareth Mello de Araujo Lambert respectivamente empossada vice-governadora na madrugada de quinta-feira, 01 de janeiro de 2015 em sessão especial da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac).

Antes da sessão que iniciou rigorosamente ás 23h30mim da quarta-feira, 31 de dezembro de 2014, Tião Viana esteve reunido com seus secretários, assessores e outras autoridades no Palácio Rio Branco. Após a reunião, ao lado da primeira dama, Marlúcia Cândida, caminhou até a sede do poder legislativo acreano para declarar seu voto como governador empossado.

Já no Hall da Aleac, jornalistas esperavam o chefe do executivo para uma coletiva a imprensa. Na ocasião, Viana respondeu aos questionamentos e detalhou como será o seu trabalho para mais quatro de governo. Ele enfatizou os avanços do seu primeiro mandato, comentou sobre o rumo da base governista na Assembleia Legislativa e falou sobre a importância do dialogo.

“São mais quatro anos para colocar em práticas aos novos projetos. Vejo isso como expressões de agradecimentos têm à honra de fazer parte da história do meu estado como governador alcançando com muita expressividade indicadora nas políticas públicas. Quando eu olho o estado que vem crescendo graças ao conceito da conservação dos recursos naturais, com base nos três grandes eixos das políticas públicas que se encontram na qualidade de vida, conservação dos nossos recursos e desenvolvimento me dá grande alegria e força para continuar o nosso projeto. Tudo isso dar uma expressividade muito boa para fazer algo melhor ainda no próximo mandato de maneira sintética e objetiva. Trabalharemos mais próximos das pessoas, tomando as medidas adequadas principalmente na economia”, disse ele.

Viana comentou também “que o estado tem crescido bastante e que o controle fiscal firme a solidificação econômica também serão alvos de reflexão no segundo mandato”.

Tião Viana comentou aos jornalistas que havia comido lentilhas e acredita que essa tradição na passagem de ano traz sorte. “Esperamos uma fase de trazer lindas conquistas para o nosso estado. Com a ajuda dos 15 deputados da base bem como da assembléia legislativa faremos isso. Vamos conversar e abrir o dialogo para que tudo sai no planejado e que o estado vença pois prezamos pela unidade”, finalizou.

A vice-governadora, Nazareth Araújo, também fez questão de prometer um governo mais inclusivo e que terá como objetivo lutar ainda mais pela democracia. Araújo disse também que o desenvolvimento econômico e a qualidade de vida serão os primeiros pontos a serem executados nos primeiros meses de mandato ao lado de Tião Viana.

Na sala de sessão, o presidente da Assembleia Legislativa do Acre, deputado Élson Santiago (PEN) convidou para compor a mesa de honra, o prefeito de Rio Branco, Marcus Alexandre que na ocasião representou os prefeitos do Acre, o senador e vice-presidente do Senado, Jorge Viana, convidou também o presidente do Tribunal Regional Eleitoral, Odair Longuini, o presidente do Tribunal de Justiça do Acre, Roberto Barros, e o secretário da Mesa Diretora, deputado Edvaldo Souza.

As demais autoridades compostas por secretários e assessores permaneceram no plenário da Casa. Em seguida, sob a regência da Banda da Polícia Militar, o trechos do Hino Nacional do Brasil foi entoado.

Na ocasião, Élson Santiago cumprimentou os presentes e deu as boas vindas ao governador e sua vice. Santiago lembrou que a primeira posse de Tião foi conduzida pelo ex-deputado Edvaldo Magalhães. “Hoje o senhor está sendo empossado por mim e digo que é um orgulho pessoal. Tenho certeza que os próximos anos o senhor fará um bom trabalho com muito mais desempenho”, comentou o presidente convidado Tião Viana a proferir o compromisso constitucional.

Após o ato, Viana usou a tribuna da Casa onde proferiu um discurso rápido e objetivo. Em sua fala, expressou que agradecimentos aos acreanos e em especial aos que moram nas regiões mais distantes do Acre. Salientou a importância de manter um projeto político que vem sendo posto em prática há 16 anos e citou alguns itens concluídos deste projeto.

“Conseguimos crescer ainda mais na Amazônia. Diminuímos a mortalidade infantil, combatemos a desigualdade social, conseguimos trazer 78 indústrias, diminuímos o desmatamento, organismos o corpo de servidores públicos posso dizer que a nossa meta foi alcançada mais crescemos mais (...), o Acre consegue ser observado lá fora como um estado em grande desenvolvimento. Que Deus nos dê sempre a alegria e coragem para melhorar ainda mais a esperança em nosso estado”, discursou.

Depois da fala do executivo acreano, o deputado Edvaldo Souza leu o Termo de Posse de forma resumida tendo em vista o cumprimento do cronograma estabelecido pela organização da sessão especial.

Finalizando a sessão, o Élson Santiago agradeceu a presença de todos e relatou que havia feito um último pedido como presidente da Casa. Pediu para que todos os deputados estivessem presentes ao ato e tornou a elogiar a atuação de Tião Viana como governador.

“Eu tenho 28 anos de Casa. Estou hoje dirigindo a minha última sessão. Mais saiu daqui com a certeza do dever cumprido, pois conseguimos ajudar esse estado nos últimos quatro anos. Colaboramos com o governador e esforçamos a dar o nosso melhor para isso. Quero agradecer principalmente os deputados da base, os servidores da Aleac e fiquem certos de que continuarei por aqui. Que esses quatros anos serão bem melhores para o nosso estado”, finalizou Santiago.

A sessão foi encerrada com o hino acreano entoado na voz de Ivana Pacífico. Tião Viana embarcou em seguida para Brasília (DF) onde participa da solenidade de posse da presidente Dilma Rousseff (PT).  

Perfil Tião Viana

Tião Viana é casado com Dona Marlúcia Cândida de Olveira, com quem tem três filhos: Marihá, Catarina e Virgílio. É formado em Medicina, pós graduado em Doença Infecciosas e Parasitárias, especialista em Clínica Médica, professor adjunto da Universidade Federal do Acre (UFAC). Governador eleito em 1° turno em 2010. Reeleito Governador em segundo turno, em outubro de 2014.

Perfil Nazareth Araújo

Filha do primeiro governador eleito pelo voto popular, José Augusto, e da contabilista Maria Lúcia Mello, Nazaré nasceu no Rio de Janeiro. É formado em Direito, tornou-se técnica judiciária e integrou carreira na Procuradoria Geral do Acre. Na gestão de Tião Viana, ela assumiu a função de subchefe da Casa Civil.