Gladson agradece deputados que aprovaram a Reforma: "Extinguir o rombo da previdência nos dará a segurança"

Por Wanglézio Braga

Um dia após a aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que reforma a Previdência Estadual, o governador Gladson Cameli (PP) usou as redes sociais para agradecer os deputados que votaram favoráveis pela matéria. A votação ocorreu ontem (26) sob muitas polêmicas protagonizadas por parlamentares de oposição e situação bem como por sindicalistas e profissionais que foram impedidos de entrar na Casa de Leis.

A votação ocorreu mediante sessão extraordinária. A matéria foi aprovada por 17 votos favoráveis e seis contra. Os deputados Jenilson Leite (PSB), Edvaldo Magalhães (PCdoB), Daniel Zen (PT), Jonas Lima (PT), Fagner Calegário (SEM PARTIDO) e Maria Antonia (PROS) foram contrários ao relator.  

Na postagem feita hoje (27), o governador voltou a afirmar que a aprovação é importante para que o estado possa se desenvolver. “Gostaria de agradecer aos deputados estaduais que votaram pela Reforma da Previdência de nosso Estado. Este é um importante passo rumo ao desenvolvimento do Acre. Extinguir o rombo da previdência nos dará a segurança que precisamos para renegociar dívidas e captar recursos”, escreveu.

Dados divulgados pela Secretaria do Tesouro Nacional apontam que o Acre gastou cerca de R$ 465 milhões para manter o pagamento de aposentadorias e pensões no em 2018. Atualmente a previdência do Estado tem um rombo mensal de R$ 50 milhões, até o final do ano são R$ 600 milhões. Se essa reforma a previsão seria de um déficit de R$ 1 bilhão até o final de 2022.

Com a reforma, a aposentadoria voluntária, de idade mínima, passa a ser de 62 anos as mulheres e 65 anos aos homens. Aposentadoria por tempo de contribuição serão 30 anos de contribuição para mulheres e 35 homens. Com 20 anos de efetivo exercício no serviço público, cinco anos no cargo efetivo em que se der a aposentadoria.


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.