O Rio Branco

Hoje é 13 de Novembro de 2018

Política

PT ignora condenação e lança candidatura de Lula à Presidência

25 de Janeiro de 2018 às 11:07:53

Minutos após aconfirmação da condenação e o aumento da pena do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pelo TRF4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região), o PT (Partido dos Trabalhadores) revelou, em nota, que Lula será o candidato à Presidência pelo partido nas eleições deste ano.

“Vamos confirmar a candidatura de Lula na convenção partidária e registrá-la em 15 de agosto, seguindo rigorosamente o que assegura a Legislação eleitoral”, afirma a sigla.

De acordo com a nota, o anuncio de Lula como presidente sinaliza "o começo da grande caminhada" para levá-lo novamente ao Planalto.

O documento, assinado pela presidente da sigla, a senadora Gleisi Hoffmann (PR), afirma que esta quarta-feira (24) “marca o início de mais uma jornada do povo brasileiro em defesa da Democracia e do direito inalienável de votar em Lula para presidente da República”.

"Vamos lutar em defesa da democracia em todas as instâncias, na Justiça e principalmente nas ruas", destaca Gleisi no comunicado.

O partido afirma ainda que não vai "aceitar passivamente que a democracia e a vontade da maioria sejam mais uma vez desrespeitadas" e diz não se render "diante da injustiça". "Os partidos de esquerda, os movimentos sociais, os democratas do Brasil, estamos mais unidos do que nunca, fortalecidos pelas jornadas de luta que mobilizaram multidões nos últimos meses", conclui.

Nesta quarta-feira, o ex-presidente Lula foi condenado, por unanimidade, pelos desembargadores do TRF4, tribunal de segunda instância. Na decisão, os membros do colegiado decidiram aumentar para 12 anos e um mês de prisão a pena imposta ao petista.

 

R7




Compartilhar