Após prédio fechado, Aleac vai destinar R$ 12 milhões para a saúde

Por Wanglézio Braga

Seguindo uma tendência nacional, das Assembleias Legislativas do Brasil, os deputados da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), vão destinar suas emendas para a área da saúde. O dinheiro vai somar com o que já vem sendo distribuído aos estados da Federação pelo Governo Federal. No estado, com a ajuda dos 24 estaduais, a saúde vai ter à disposição R$ 12 milhões de reais para tratar de prevenção ao Coronavírus (Covid-19).

O presidente da Aleac, deputado Nicolau Júnior (PP), anunciou que vai destinar 100% das Emendas Parlamentares para o setor da saúde. Outros deputados, como José Luiz Tchê, do PDT, também seguiu a ideia.

 “Com a ajuda dos 24 deputados estaduais, R$ 12 milhões poderão ser destinados para a compra de equipamentos, que devem abastecer o setor e ampliar as unidades de terapia intensiva neste momento de enfrentamento ao novo coronavírus”, informou o pedetista.

PRÉDIO FECHADO

No final de semana, Nicolau Júnior anunciou o fechamento do prédio da Assembleia Legislativa, localizado na Rua Arlindo Porto Leal, no centro da capital. O presidente também solicitou que os servidores da Casa pudessem seguir a quarentena voluntária.

“Comunico que devido, à pandemia do Coronavírus, e em cumprimento ao Decreto Governamental n° 5.496 de 2020, todas as atividades da Assembleia Legislativa do Estado do Acre (Aleac), estão SUSPENSAS por tempo indeterminado. O prédio ficará fechado a partir da data de hoje (21). A medida está sendo adotada em concordância também com as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS), que neste momento pede o mínimo de interação social possível. Aos nossos colaboradores, solicitamos que façam a quarentena voluntária. Não saiam de casa! Protejam a si mesmos e aos seus familiares. Neste momento, a contribuição de cada um é essencial para que essa pandemia seja controlada”, informou em nota.

 


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.