Gladson Cameli garante trabalhar para construção de ponte sobre o Rio Acre, em Xapuri

Governador fez a entrega de dois motores para balsa que faz travessia ao bairro Sibéria

Na véspera de completar 114 anos de fundação, o governador do Estado do Acre, Gladson Cameli, assegurou para a população de Xapuri ao dizer que não medirá esforços para construir a tão esperada ponte sobre o Rio Acre que ligará o bairro da Sibéria ao Centro do município histórico.

“Esta foi uma promessa de campanha e que está como uma das prioridades em nosso Plano de Governo. Vamos pedir o apoio da bancada federal para destinar emendas e construir essa ponte. Com muito esforço, trabalho e fé em Deus, nós vamos conseguir”, afirmou, confiante, o governador.

Juntamente com o secretário de Estado de Infraestrutura e Desenvolvimento Urbano, Thiago Caetano, e o diretor do Deracre, Ítalo César, o governador Gladson Cameli esteve na balsa sobre o Rio Acre nesta quinta-feira, 21.

A ponte que ligará os dois distritos da cidade histórica é um sonho antigo dos moradores do bairro da Sibéria. O pedreiro Carlos Antônio de Souza faz a travessia no local diariamente e afirma que a obra será uma conquista para a população xapuriense.

“Ouvir essa notícia do próprio governador aqui na balsa é sinal que agora a ponte vai sair do papel. A gente enfrenta muita dificuldade com essa balsa quando ela quebra, sem contar que ficamos praticamente isolados porque não funciona durante a noite. Os moradores da Sibéria esperaram por essa ponte há muitos anos e estamos confiantes na palavra de Gladson Cameli”, argumentou.

Durante inspeção a balsa, Cameli realizou a entrega de dois motores para a embarcação. O reforço nos equipamentos é a garantia da continuidade do serviço para a população que necessita fazer a travessia entre as duas margens do Rio Acre.

O governador prometeu empenho para fazer a substituição da atual balsa por uma outra que ofereça mais segurança durante a passagem de pessoas e veículos.

“Já determinei que o Deracre faça um levantamento das embarcações que são de propriedade do Governo, assim que localizarmos uma balsa que atenda os padrões exigidos, ela será trazida para operar neste trecho e atender as necessidades da população”, enfatizou.

 

 

Agência