Gladson recebe garantia de apoio de membros da bancada federal para reforma da Previdência

 Ereunião com os parlamentares, o governador reforçou a necessidade da reforma para ajudar o Acre a sair da crise e alavancar o desenvolvimento do Estado

O governador Gladson Cameli reforçou aos parlamentares da bancada federal do Acre o pedido de voto a favor das reformas em curso, principalmente da Previdência. A reunião aconteceu em Brasília, nesta terça-feira, 14, com a participação do coordenador da bancada federal do Acre, senador Sérgio Petecão, a senadora Maílza Gomes, o senador Márcio Bittar, as deputadas Jéssica Sales, Manuel Marcos e Vanda Milani, e os deputados Flaviano Melo e Alan Rick.

Cameli explicou que a reforma é essencial para ajudar o Acre a sair da crise financeira em que se encontra e alavancar o seu desenvolvimento econômico e social. Caso contrário, terá que decretar calamidade financeira.

“Estamos fazendo os ajustes na máquina administrativa, nos esforçando para profissionalizar órgãos públicos, buscando renegociar as dívidas do Estado e lutando por recursos em Brasília para fazer frente aos problemas e alavancar o desenvolvimento econômico e social do Estado. E a reforma da Previdência é essencial nesse processo. Se a reforma não passar, terei que decretar calamidade financeira do Estado”, comentou o governador.

Na reunião, que ocorreu antes do governador viajar para os Estados Unidos com o presidente Jair Bolsonaro, membros da bancada federal acreana reafirmaram o compromisso de votar favorável às reformas, como a da Previdência, tendo como foco o bem do Acre.

Urgência – Gladson Cameli relatou ainda, aos senadores e deputados Federais acreanos, que o governo corre contra o tempo na luta por recursos para investir no Estado, principalmente para aproveitar o período de estiagem, que começa agora na região, e reforçou a importância do apoio dos parlamentares federais nessa luta.

“Preciso que vocês sejam os defensores e fiscais das emendas, projetos e demais iniciativas de interesse do Acre em Brasília, para garantir que os recursos cheguem ao Estado e possam ser aplicados em benefício da população acreana”, disse Gladson Cameli.

O governador aproveitou para informar aos parlamentares sobre os objetivos da viagem para Dallas, nos Estados Unidos – integrando a comitiva presidencial –, onde mostrará as potencialidades econômicas e a viabilidade de investimento no Acre, principalmente porque o Estado está localizado em região estratégica para o comércio internacional pela rodovia transoceânica e os portos de Ilo e Matarani, no Peru.

No encontro o governador também ouviu reivindicações da reitora da Universidade Federal do Acre, Guida Aquino, sobre demandas relacionadas ao contingenciamento de recursos das universidades e sobre o projeto do Hospital Universitário.

 

 

Agência


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.