O Rio Branco

Hoje é 13 de Novembro de 2018

Política

Exército realiza oficinas e simula ocorrências de crimes eleitorais no 4º BIS

14 de Setembro de 2018 às 08:47:36

Homens da Força Federal que atuarão na Operação de Garantia de Votação e Apuração (GVA) nas Eleições de 2018 no Acre e em Rondônia participaram de oficinas e simulações de ocorrências de crimes eleitorais no 4º Batalhão de Infantaria e Selva (4º BIS), durante toda a quarta-feira, 12.

As atividades tiveram início às 5h com reuniões e oficinas envolvendo comandantes responsáveis pela 17ª Brigada de Infantaria e Selva (BDA), com sede em Porto Velho, 4º BIS (Rio Branco), 6º BIS (Guajará Mirim), 54º BIS (Humaitá) e 61º BIS (Cruzeiro do Sul). Acompanharam parte das ações a presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Acre (TRE-AC), desembargadora Regina Ferrari, a corregedora regional eleitoral, juíza Olívia Ribeiro, os juízes eleitorais da 1ª e 9ª Zonas, Anastácio Menezes e Rogéria Epaminondas, respectivamente; a promotora eleitoral da 1ª Zona, Alessandra Marques e o delegado da Polícia Federal, Eduardo Maneta.

Segundo o general Leal, que comanda a 17ª BDA, um efetivo aproximado de 1.600 homens será destacado para atender municípios do Acre e do sul do Amazonas.

No Acre, 11 municípios receberão o apoio da Força Federal durante as eleições: Rio Branco, Bujari, Porto Acre, Sena Madureira, Cruzeiro do Sul, Tarauacá, Brasileia, Epitaciolândia, Assis Brasil, Feijó e Senador Guiomard.

O exército realizará patrulhamento próximo às zonas eleitorais e seções eleitorais, garantindo a votação e apuração das eleições, enquanto as demais forças de segurança atuarão na preservação da ordem pública.

"É de suma importância o apoio dos senhores nesse momento, para que possamos garantir um pleito tranquilo, sem grandes ocorrências. De forma integrada, junto com as Polícias Federal, Civil e Militar, certamente teremos eleições seguras no nosso Estado", destacou a presidente do TRE.

 

 

ASSESSORIA




Compartilhar