O Rio Branco

Hoje é 22 de Maio de 2018

Política

Deputado Daniel Zen afirma que os governos da oposiçãoquebraram o Estado

09 de Maio de 2018 às 17:24:35

O líder do governo na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), deputado Daniel Zen (PT), falou durante a sessão desta quarta-feira (9) sobre os investimentos que estão sendo realizados na produção rural. O parlamentar também rebateu críticas feitas por oposicionistas, e disse que quando eles saíram do governo deixaram o Estado quebrado.

O parlamentar destacou que o atual governo é o que mais investiu na produção rural e desafiou deputados oposicionistas a apresentarem dados que provem o contrário.  Disse ainda que ao percorrer comunidades mais isoladas do Estado, se deparou com a gratidão de pequenos produtores que recebem os mais diversos tipos de incentivo para realizarem seus trabalhos.

“Enquanto a oposição tenta pintar a imagem de terra arrasada aqui na tribuna, caminhamos pelo interior do Estado acompanhando as agendas com produtores. Em Feijó pudemos ver depoimentos emocionados de pessoas que hoje vivem em situação muito melhor, graças aos investimentos que têm sido feitos na área. Este governo bateu o recorde no fomento à produção”, afirmou.

Daniel Zen falou também sobre os investimentos realizados na Educação e citou dados referentes a obras que foram inauguradas em todo o Estado e os cursos profissionalizantes que têm sido ofertados pelo governo a alunos de baixa renda.

“Nunca se reformou e construiu tanta escola no Acre, nem nos tempos de vacas gordas, pois atualmente enfrentamos uma crise financeira em todo o país. O alfabetizador que trabalha para o Estado hoje recebe o dobro do que recebe outro em qualquer outro lugar do Brasil. Temos 11 escolas de ensino integral, o Centro de Estudo de Línguas, inauguramos várias creches, dentre tantos outros investimentos realizados na área”, destacou.

No tempo destinado ao Grande Expediente, Daniel Zen afirmou que a oposição governou o Estado por 30 anos e o deixou completamente falido. Disse ainda que o pré-candidato ao governo Gladson Cameli (PP) vem esporadicamente ao Acre e que até sua residência fixa é localizada no Amazonas.

“A oposição governou o Acre por 30 anos e deixou um verdadeiro rastro de destruição. Faliram a Colonacre, Cageacre, Acredata, dentre várias outras empresas públicas que compõem a massa falida do Estado. O pré-candidato deles sequer mora aqui, tem residência fixa no Amazonas. Então, por que ele não se candidata por lá? Todos sabem que os Cameli vivem naquele Estado e não aqui”, criticou.

 

Agência Aleac




Compartilhar