O Rio Branco

Hoje é 23 de Janeiro de 2019

Política

Bittar afirma que Gladson adotou meios para fazer um governo eficaz e transparente

08 de Janeiro de 2019 às 17:23:45

Antonio Muniz

Em entrevista aos programas Bom Dia Rio Branco e Boa Noite Rio Branco, nesta terça-feira, na TV Rio Branco-SBT, o senador Marcio Bittar (MDB-AC) afirmou que o governador Gladson Cameli (PP) adotou todos os meios para fazer um governo eficaz, popular, democrático e transparente.

Bittar citou como exemplo o secretário-chefe do Gabinete Civil, Ribamar Trindade e a secretária de Fazenda, Semírames Dias, que são técnicos do Tribunal de Constas do Estado do Acre (TCE) e têm ampla experiência em gestão pública.

O senador também citou como ponto positivo para o governador o grau de amizade que tem com vários conselheiros do do Tribunal de Contas de Contas, entre os quais Antonio Malheiros, um velho amigo da família Cameli, que deu e continua dando sua contribuição ao novo governo.

Marcio Bittar afirmou ainda que as dificuldades que o governo irá encontrar, sobretudo na questão da economia são grandes em função da tal florestania implantada em janeiro de 1999, portanto, há exatos 20 anos.

Mas segundo Bittar, a cruz do fracasso da tal florestania não pode e nem deve ser posta nas costas do e-governador Tião Viana. “A florestania estava fada ao fracasso, justamente por ser anticristã”,, acrescentou.

Trata-se de uma visão equivocada,segundo Bittar, e deve ser debitada aos governadores da Frente Popular, não apenas a Tião Viana. “Nosso governo vai ter que mudar o rumo e colocar o Acre no caminho do desenvolvimento.”.

PRIORIDADES

Marcio Bittar revelou que vai para o Senado e vê o Presidente Jair Bolsonaro, que apesar do ser do PSL, está, ideologicamente, alinhado ao projeto defendido pelo governador Gladson Cameli (PP).

O senador afirmou que vai trabalhar com projetos grandes e que vão melhor a qualidade de vida do povo brasileiro, sobretudo dos acreanos. Um deles é o acordo bilateral Brasil-Peru.
Além disso, vou me dedicar ao problema do rio Acre no sentido de evitar as inundações, no inverno e a seca no verão amazônico. Para isso, conta com parceria firmada com o Sindicato dos Engenheiros do Acre.

DESPETIZAÇÃO

A campanha de despetização do governo, tanto no governo federal, quanto no estadual, tem apoio de Marcio Bittar. “Não temos como mudar o modelo de governo com pessoas que têm ideologia diferente da nossa”, afirmou.

Mas Bittar lembrou que é preciso ter muito cuidado para tratar casos específicos com pessoas que eram da Frente Popular e passaram a apoiar o projeto de Gladson Cameli e casos de pessoas que, graças a competência, ocuparam cargos na gestão anterior e agora ajudaram a vencer a disputa eleitoral.




Compartilhar