Vigilância Sanitária apreende 170 kg de carne suína vencida em Feijó/AC

Davi Sahid

Após uma denúncia anônima a Vigilância sanitária Municipal apreendeu na manhã desta sexta-feira (16) cento e setenta quilos de carne suína que estava sendo transportada inadequadamente para ser comercializado no município de Feijó distante 363 km de Rio Branco.

Segundo os agentes, o condutor do veículo estava com a carne na carroceria de madeira transportando o alimento ao ar livre, fora dos padrões de higiene obrigatório. Além do transporte inadequado a vigilância constatou também que o prazo do consumo da carne estava vencida.

“A população precisa estar alerta nesses casos e sempre denunciar, pois o consumo de carne de procedência duvidosa, muitas vezes oferecida até por amigos ou parentes que criaram o porco, e que não recebe o cuidado adequado em sua criação em seu abate e em seu armazenamento, oferece um sério risco à saúde, pois a carne pode estar contaminada com as fezes do animal e conter vermes que causam doenças como a teníase (solitária), cisticercose (bicho do porco) e gastroenterites (diarréia)". Disse a agente.


 


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.