Segurança Pública define ações estratégicas no Jordão

Gestores da Segurança Pública definiram algumas ações táticas e operacionais para serem executadas no Jordão. A ideia é agilizar as demandas pendentes de inquéritos policiais, bem como realizar mandados de buscas em residências, caso seja necessário.

O delegado Obetânio dos Santos, responsável pelas delegacias de Tarauacá e Jordão, está no município acompanhado por outros sete policiais. A equipe permanece até o fim de semana.

“Participamos de uma reunião com os secretários de Segurança e de Polícia Civil, com o comandante-geral da Polícia Militar e com o pelotão da Polícia Militar. A partir dessa visita, já iniciamos algumas ações”, disse Obetânio.

Apesar do baixo índice de violência registrado na cidade, as polícias Militar e Civil vão reforçar as ações de atendimento ao público para realização de serviços cartoriais na delegacia e o patrulhamento ostensivo nas ruas da cidade, principalmente durante a noite.

“Não ficamos restritos aos gabinetes. Viemos para ouvir as demandas da população e decidimos realizar essas ações para dar mais agilidade aos serviços de rotina em uma delegacia de polícia e realizar algumas ações pontuais de investigação”, frisou o secretário de Segurança Pública, Emylson Farias.

Assessoria Sesp


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.