O índio se apresentou como Milton Moises Rosa Jaminawa, de aproximadamente 30 anos

 

O Grupo de Intervenção Rápida e Ostensiva – GIRO, deteve um homem que estava em visível estado de embriaguez alcoólica, perambulando e portando uma faca numa das mão e estaria fazendo ameaças aos transeuntes no Bairro 28 de maio, zona periférica de Brasiléia.

O fato foi comprovado quando os policiais pararam o homem, um índio da etnia Jaminawa, uma vez que o bairro tem muitos que moram ali. O acusado foi levado à delegacia de Brasiléia, onde foi revistado e encontraram em seu bolso, duas trouxinhas de cloridrato de cocaína.

Na delegacia, o índio se apresentou como Milton Moises Rosa Jaminawa, de aproximadamente 30 anos. O mesmo sequer portava algum documento para que pudessem saber o seu nome e idade real.

Milton foi conduzido para uma das celas para que descansasse e se livrasse do álcool e da droga que teria consumido. Ele será ouvido pelo delegado nesta quinta-feira, dia 7.

 

 

 


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.