O Rio Branco

Hoje é 07 de Dezembro de 2016

Policial

Acusado de matar servidor da Fundação Garibaldi Brasil é preso

27 de Junho de 2014 às 18:07:58

A polícia civil prendeu no início da manhã dessa sexta-feira, 27, o desempregado Luan Gondim Pereira, 19 anos, morador do bairro Belo Jardim, em Rio Branco, acusado de ser o autor da morte do servidor público municipal Adriano Araujo Lima, assassinado no mês de maio deste ano.

O corpo da vítima apresentava uma perfuração de faca e foi encontrado dias depois sobre a cama do apartamento onde morava, no bairro da Cadeia Velha. Ao ser apresentado na sede da secretaria de polícia, o acusado confessou ter matado o servidor público.

Também foi preso Luis Moraes Lira Neto, 18 anos, por receptação, já que as investigações feitas pela equipe do delegado Karlesso Nespoli apontaram para o crime de latrocínio, ou seja, assalto seguido de morte.

Segundo Luis Neto, ele teria adquirido os bens que foram roubados de Adriano Araujo Lima por Luan Gondim após cometer o crime. Luis Neto está sendo vigiado pela polícia, já que o mesmo se encontra internado em uma unidade de saúde por estar com suspeita de leptospirose.

O secretário de polícia civil, Emylson Farias, também comentou sobre o trabalho que a polícia vem realizando para desvendar e prender os autores do crime que teve como vítima o servidor público Raimundo Theodoro, ocorrido no dia 20 deste mês de junho, em um condomínio localizado na Estrada da Floresta.


Compartilhar