Rio Branco registra diminuição de 43,75% nos casos de roubos a coletivos

Desde o início deste ano as forças de segurança do Estado têm adotado medidas para enfrentar os crimes de assaltos a transportes coletivos. No mês de junho, a Secretaria de Justiça e Segurança Pública elaborou um plano de ações com várias medidas envolvendo todos os órgãos do Sistema de Segurança Pública, da Prefeitura de Rio Branco, das empresas de transporte coletivo e com os próprios motoristas de ônibus.

Desde então, a Policia Militar vem realizando ações e operações diárias nas linhas de ônibus e nos terminais de integração, realizando abordagens nos coletivos e pontos de ônibus. Nesse período, 11 pessoas foram presas em flagrante e cinco armas de fogo foram apreendidas.

De acordo com o secretário de Justiça e Segurança Pública, coronel Paulo Cézar Santos, a média de roubo em ônibus no ano de 2018 e no início de 2019 era de 16 por mês, chegando a ter 21 crimes no mês de maio. A partir de junho, com a execução do plano de ação, coordenado pela Sejusp, esta média caiu para sete crimes por mês.

“Temos consciência de que temos um grande desafio ainda pela frente, pois estes delitos ainda causam prejuízos aos usuários, mas nosso objetivo é dificultar cada vez as ações criminosas. Todo o esforço conjunto dos órgãos do Sisp, do Policiamento Ostensivo e Preventivo está sendo feito, mas dependemos também da colaboração da população e de todos os demais setores da sociedade”, destacou.

O gráfico abaixo demonstra que as ações foram exitosas, mas ainda não foram suficientes para impedir o ímpeto daqueles que optaram em cometer crimes. Percebe-se uma diminuição de 43,75% dos casos de roubos a coletivos.

A Polícia Militar realiza ações e operações de abordagem diárias no Terminal Urbano, no centro e nos bairros da capital, atuando preventivamente e repressivamente, quando necessário.

De acordo com o diretor operacional da Sejusp, coronel Luciano Fonseca, a partir deste mês de novembro, a Polícia Militar dará início a Operação Papai Noel, com isso intensificando também a segurança aos coletivos e usuários.

“O policiamento ostensivo terá o reforço de 100 policiais por dia, atuando ostensivamente em todos os terminais de integração, nas linhas de ônibus e áreas comerciais de Rio Branco, bem como policiais à paisana atuarão dentro dos coletivos, nos terminais e nos pontos, aumentando o risco de prisão para aqueles que insistirem em cometer crimes”, finalizou.

 

Agência