Homem que matou estudante durante assalto pega mais de 27 anos de prisão no AC

O acusado de matar a estudante Emanuela da Silva Souza, de 33 anos, em abril do ano passado, em Rio Branco, foi condenado a mais de 27 anos de prisão.
Francisco Rodrigues foi apresentado três meses depois, apontado como um dos autores do crime. A prisão dele antes disso foi devido a outros roubos que ele havia cometido.
A Polícia Militar informou que Emanuela estava próximo ao Horto Florestal no dia do crime, quando foi abordada por dois homens armados que queriam roubar a motocicleta.
Ela teria tentado reagir e foi atingida nas costas e acabou morrendo no local.
O veículo foi encontrado logo após o crime próximo ao Teatrão. A estudante cursava logística e segurança do trabalho no Instituto Federal do Acre (Ifac).
A autoria dele no crime foi confirmada, segundo o processo, através de câmeras de segurança e também depoimentos de testemunhas, que, inclusive, reconheceram o acusado. O comparsa dele segue foragido.
Rodrigues foi condenado por roubo, seguido de morte. Por ser reincidente, ele está preso da Unidade de Recolhimento Provisório de Rio Branco.
A decisão, assinada pelo juiz Cloves Ferreira, destaca ainda que o acusado não pode recorrer em liberdade.