Acreano vai aos prantos após receber voz de prisão em Cobija por furtar celular de adolescente

Por Wanglézio Braga

Um acreano de identidade ainda não revelada foi preso hoje (23) em Cobija, na Bolívia, acusado de roubar um celular de um adolescente de 15 anos que trabalhava em um lava jato. Segundo a imprensa do Departamento de Pando, o rapaz foi detido na Avenida Amazonas e levado em viatura aberta até a delegacia da Guarda Nacional da Bolívia.

Ao ser preso, o acusado chorou bastante e negou o furto. Os militares fizeram uma revista e encontraram um aparelho celular que foi reconhecido pelo jovem trabalhador. A polícia já vinha investigando o gatuno tendo em vista que outras pessoas registraram queixa e reconheceram suas características físicas.  Ele não estava armado, pilotava uma moto alugada e estava bem vestido para não levantar suspeitas.

A suposta vítima também foi levada para a Delegacia. Segundo a imprensa, o acreano que provavelmente reside em Brasiléia deve ser levado ainda hoje para o presídio da Vila Bush, onde ficará à disposição da Justiça da Bolívia. Sobre esse caso, a polícia não estipulou pagamento de fiança e não comentou sobre o caso.