PM do Acre em parceria com o canal “Polícia 190” celebram sucesso no YouTube com sorteios de prêmios

Com o objetivo de divulgar as suas ações institucionais e, principalmente, dar publicidade para o enfrentamento ao crime, por meio de suas ações ordinárias, como o patrulhamento de rotina e as suas operações de ordem especial, a Polícia Militar do Acre (PMAC), por meio de parcerias, como a do canal “Polícia 190”, vem ganhando notoriedade perante a sociedade, que acompanha as suas ações pelas redes sociais. 

Além do sucesso no YouTube, por meio do “Polícia 190”, que hoje possui mais 180 mil inscritos, e é assistido por internautas de vários países da América Latina e Europa, a instituição militar também comemora o crescimento de seus seguidores nas suas redes sociais, como o alcance de mais de 20 mil seguidores no Instagram. 

Para o comandante-geral da PM, coronel Ulysses Araújo, mesmo em meio à pandemia, é preciso mostrar à sociedade acreana que nunca paramos e que estamos presentes em todos os locais, em todo e qualquer tipo de atendimento a ocorrências, com o risco da própria vida, em prol do cidadão de bem.

“Estamos investindo para melhor nos comunicarmos com o cidadão. A aproximação com a sociedade é necessária, visto a importância do bom relacionamento com a polícia que, consequentemente, resulta em bons frutos, como o auxílio no policiamento em áreas críticas e na resolução de crimes”, pontuou o comandante-geral. 

O proprietário do canal do YouTube, Eduardo Haddad, reafirmou seu compromisso com a instituição militar e, como forma de credibilizar seus seguidores, irá sortear duas placas de acrílico, quando alcançar a marca de 300 mil e 500 mil seguidores. 

“Uma parceria que vem dando certo: PM e a sociedade acreana. O canal, além dos que a Polícia Militar já possui, é também apenas a ponte para isso! A fim de bonificar os meus seguidores do canal, faremos um sorteio que ocorrerá nas instalações do Quartel do Comando Geral, quando alcançarmos a marca de 300 mil e 500 mil seguidores”, frisou o produtor.

 

ASCOM 


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.