O Rio Branco

Hoje é 24 de Novembro de 2017

Policial

Polícia já identificou suspeito de matar idosos em Seringal do Quixadá

14 de Novembro de 2017 às 14:36:25

A Delegacia de Homicídios (Dhpp), na pessoa do delegado Remulo Diniz, divulgou na manhã desta terça-feira (14), que já identificou o suspeito de ter matado dois idosos  encontrados por populares na tarde de terça-feira (13),no Seringal Novo Horizonte, região do Quixadá, zona rural de Rio Branco.

Segundo informou o delegado, no dia 11 deste mês, um homem teria sido abordado no Rio logo após o ramal Colibri, com dois televisores, duas espingardas e parte da embarcação queimada. Ele disse aos policiais que o barco teria incendiado após tentar abastecer, mas, o motor ainda funcionava. Ele foi conduzido a delegacia sobre suspeita de furto e liberado em audiência de custódia no dia seguinte.

Após a descoberta da morte dos idosos e o relato de parentes sobre os objetos que faltavam na casa, descobriu-se que o homem possivelmente seria o criminosos que praticou o duplo homicídio para obter para si os bens que estavam na casa.

O caso está sendo investigado como latrocínio e a delegacia já iniciou o processo de representação à justiça pedindo a sua prisão imediata.

Entenda o caso

Na tarde de terça-feira (13), os idosos de 74 e 75 anos, Eudorico Augusto Leite e Manoel foram encontrados mortos no Seringal Novo Horizonte mortos a golpes de terçado. O crime teria sido praticado no sábado (11), após Eudorico trazer da cidade o suspeito que foi contratado como caseiro.

Eudorico foi encontrado morto dentro de sua residência com golpes nas costas e tórax e Manoel em um bananal, com golpes de terçado no pescoço e braços.

O resgate demorou cerca de cinco horas pois o local era de difícil acesso sendo necessária a travessia do Rio Acre para chegar ao local do crime.




Compartilhar