Brasileiro acusado de acionar granada em presídio na Bolívia é condenado a 30 anos de cadeia

A disputa entre grupos criminosos que disputam o poder em presídios da Bolívia, resultou em um atentado a bomba no presídio de Mocoví, localizado no interior de Trinidad, estado de Beni, na noite do dia 19, segunda-feira passada.

Lucas Rossendi Saraiba se declarou culpado pela morte de Mauricio Soliz Rojas e Rubén Darío Salazar Abrego, além de quase 30 presos que ficaram feridos. O Ministério Público do País, pediu de modo emergencial a transferência do acusado para o presídio de Chanchocoro, no distrito de San Pedro (La Paz), considerado um dos piores do mundo.

A transferência de Lucas, acontece logo após ser condenado a mais 30 anos de prisão pelo crime de assassinato e associação criminosa. Segundo foi informado pelas autoridades do País, o grupo criminoso PCC estaria muito presente na região de Chapare, uma vez que a Bolívia é “muito disposto’ para o tráfico de drogas.

As investigações concluíram que Lucas teria conseguido entrar com a granada escondida dentro dos alimentos. Após uma tentativa de trégua entre os presos, o que não aconteceu, o brasileiro lançou a granada, matando dois e deixando vários feridos. Sua transferência dar-se-á na tentativa de evitar outros conflitos na unidade prisional.

 

OALTOACRE


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.