O Rio Branco

Hoje é 24 de Novembro de 2017

Policial

O corpo foi identificado através de exames

13 de Novembro de 2017 às 10:47:50

A Delegacia de Homicídio através do delegado Remulo Diniz, oficializou na manhã desta segunda-feira (13), que o corpo encontrado no Igarapé Judia, esquartejado e separado em duas malas é realmente da diarista  Marcela Andreia Ferreira Barroso, de 28 anos.

Remulo não quis dar muitos detalhes para que a divulgação não atrapalhe o resultado das investigações, mas, já iniciou o inquérito com uma hipótese criminal e trabalha para identificar os suspeitos.

O corpo foi identificado através de exames do Instituto Médico Legal (IML ) com a chegada da segunda mala contendo os restos mortais como braços, mãos e pernas. A cabeça continua desaparecida.

Os parentes também já se apresentaram no Instituto e fizeram o reconhecimento através das tatuagens




Compartilhar