Governo promove 132 praças e oficiais da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros

Promoções asseguram valorização dos servidores públicos e fortalecimento do Sistema de Segurança Pública; Durante o evento, Gladson assegurou R$ 4 milhões para reforma do Comando-Geral da PMAC

O governador do Estado do Acre, Gladson Cameli, promoveu 132 praças e oficiais da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros na tarde desta sexta-feira, 10, durante solenidade realizada em frente ao Comando-Geral da PMAC, no Centro de Rio Branco.

Deste montante, 120 militares que conquistaram a promoção são da Polícia Militar e os outros 12 pertencem ao quadro do Corpo de Bombeiros. São primeiros-sargentos, segundos-sargentos, subtenentes, segundos-tenentes, primeiros-tenentes, capitães e coronéis que galgaram novos postos nas duas instituições.

A formatura dos praças e oficiais demonstra o compromisso do Governo de Gladson Cameli em valorizar os profissionais de carreira e, desta forma, fortalecer o Sistema de Segurança Pública, uma das áreas prioritárias dessa gestão.

“Essa promoção é a prova que o nosso Governo está dando certo, mesmo com as dificuldades que estamos enfrentando. Eu não tenho dúvida de que isso é apenas o começo para que possamos transmitir o sentimento de Segurança aos nossos familiares”, ressaltou o gestor.

Mudanças

Além das promoções, a administração estatal está trabalhando para reforçar a segurança em todas as suas vertentes. Em menos de seis meses, o Governo já fez aquisição de novas viaturas e equipamentos, além de garantir melhores condições de trabalho para os agentes de Segurança Pública. O empenho tem refletido de maneira positiva na redução dos índices de violência, segundo apontou um relatório elaborado pelo Ministério Público Estadual.

Outra conquista assegurada por Gladson Cameli foi a convocação dos 500 aprovados nos concursos das Polícias Militar e Civil. Desta maneira, o Governo reafirma o compromisso de proteger a sociedade e consolida, ainda mais, suas instituições.

Durante a solenidade de promoção, o novo comandante-geral da PM, coronel Ezequiel Bino, destacou que as promoções estimulam a tropa no que diz respeito ao serviço operacional desempenhado nos 22 municípios acreanos. A principal meta da corporação é estar ainda mais presente para que os números da criminalidade continuem em queda.

“Este é um gesto concreto do governador Gladson Cameli de valorização das nossas instituições, tanto da Polícia Militar quanto do Corpo de Bombeiros. Estamos dispostos a buscar novas estratégias e temos um grande desafio que é a redução do número de mortes em nosso Estado”, frisou.

O evento foi prestigiado pelo vice-governador, Major Rocha, pelo secretário de Justiça e Segurança Pública, Paulo Cezar dos Santos, pelo comandante-geral da Polícia Militar, coronel Ezequiel Bino, pelo comandante-geral do Corpo de Bombeiros, Carlos Batista, e pelo presidente do Tribunal de Justiça do Acre, desembargador Francisco Dejalma.

Gladson Cameli anuncia reforma do Comando-Geral da PMAC

Durante seu discurso, o governador assumiu o compromisso pessoal em conseguir os recursos necessários para que seja feita uma ampla reforma no prédio histórico que sedia o Comando-Geral da Polícia Militar.

“Este prédio é um símbolo de importância da nossa história e a informação que eu tenho é que para restaurar o quartel precisa-se de R$ 4 milhões. Podem preparar a documentação que eu estou garantindo a revitalização do nosso quartel da Polícia Militar”, afirmou.

Construído na década de 1920 para sediar a então Guarda Territorial do Acre, o espaço está prestes a completar 100 anos de fundação. Atualmente, o Comando-Geral da PMAC está em processo de tombamento pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).

Por conta disso, várias regras serão obedecidas durante a ampla reforma. Uma delas diz respeito a fachada do prédio, que não pode ser alterada. Também estão previstas a troca e adequação da fiação elétrica e sistema de refrigeração, além da substituição e modernização da cobertura do Comando-Geral.

 

 

Agência

 


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.