Ação integrada coordenada pela Polícia Civil prende traficante em Tarauacá

Considerado como um dos maiores traficantes da região do Tarauacá/Envira e com ligações com traficantes do Juruá, Ernesto Nonato da Silva Souza, mais conhecido como “Neto”, foi preso nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira, 12, durante uma ação integrada das polícias Civil e Militar dos municípios de Tarauacá e Feijó.

Contra “Neto” pesam as acusações de vários crimes, entre os quais tráfico de drogas, associação ao tráfico e lavagem de dinheiro. Ele foi preso em sua residência, localizada no bairro Avelino Leal.

De acordo com o delegado Valdinei Soares, coordenador da operação, a prisão de “Neto” foi fruto de uma investigação que durou quatro anos, tempo em que os investigadores monitoravam o acusado diuturnamente, em busca de provas consistentes para o pedido de prisão.

“Essa pessoa era alvo de uma investigação que já durava quatro anos, mas as evidencias de sua participação em crimes não estavam bastante fundamentadas, até que que nos últimos três meses conseguimos provas mais robustas, que, juntadas ao material que já havia, foi possível fazer uma fundamentação consistente para o pedido de prisão que foi deferido pelo Judiciário”, explicou o delegado.

Participaram da operação 21 policiais, entre civis e militares. Durante a ação foram apreendidos dois veículos de luxo, um Hyundai Veloster e um Honda City, além de uma motocicleta esportiva modelo Honda CB 1000R, além de joias, relógios e dinheiro.

A motocicleta foi localizada pelos policiais na residência de José de Oliveira Machado, que foi conduzido à Delegacia Geral de Tarauacá para esclarecimentos.

“Neto” é suspeito ainda de ser mandante de uma série de crimes ocorridos na região do Tarauacá/Envira, como furto e roubos, que também estão sendo investigados.

 

 

ASSESSORIA


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.