O Rio Branco

Hoje é 17 de Outubro de 2018

Policial

Detento foge de presídio pela porta da frente ao se passar pelo irmão durante o horário de visita no Acre

12 de Março de 2018 às 08:45:08

O presidiário Gean Moreira Brilhante conseguiu fugir pela porta da frente do Complexo Penitenciário Francisco d'Oliveira Conde (FOC), em Rio Branco, durante o horário de visita, neste domingo (11). Para sair, o preso trocou de lugar com o irmão dele, Jefson Moreira Brilhante, que o visitava no alojamento 6.

Ao G1, o Instituto de Administração Penitenciária (Iapen) não soube informar a idade do detento e nem qual pena que ele cumpre. O diretor-presidente do órgão, Aberson Carvalho, falou que abriu um processo administrativo para apurar as circunstâncias em que a fuga ocorreu. Ele disse ainda que as polícias Civil e Militar estão em busca do foragido, mas, até o momento, ele não foi capturado.

“Foi demandado para as polícias e estamos aguardando os procedimentos. O irmão foi encaminhado para a Polícia Civil para responder judicialmente e estamos abrindo procedimento interno para apurar tudo”, confirmou.

A situação foi percebida apenas quando o visitante tentou sair da unidade após o irmão ter fugido. Jefson foi detido por ajudar Gean a fugir e levado à Delegacia de Flagrantes (Defla). Ele assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e foi liberado.

O boletim de ocorrência registrado pela Coordenação de Segurança do presídio detalhou que os dois irmãos são bastante parecidos. A equipe relatou que os dois trocaram de roupa dentro da cela e o detento Gean Moreira foi até a saída e assinou a ficha de visitante no lugar do irmão.

A equipe disse também que haviam apenas três servidores para controlar a saída dos visitantes, preencher as fichas e fazer a segurança do banho de sol. Os agentes penitenciários reclamaram do pouco efetivo para cobrir várias atividades.

Após quase todas as visitas saíram da unidade, Jefson Moreira foi até a porta de saída tentar deixar o local. Nesse momento, os agentes penitenciários o abordaram e pediram explicações sobre a saída do irmão. O rapaz negou que tivesse ajudado o preso a fugir.

 

 

G1




Compartilhar