Servidor é esfaqueado dentro da UFAC: Suspeito tentou fugir e foi preso com a faca na mão

Por Wanglézio Braga

O técnico-administrativo da Universidade Federal do Acre (UFAC), Wilson Canaverde foi esfaqueado na manhã de hoje (06) quando trabalhava no bloco Professor José Aníbal Tinoco. Um homem de identidade ainda não revelada foi abordado por seguranças da instituição que chamaram a polícia e uma ambulância do SAMU para prestar socorro à vítima. Segundo a polícia, Canaverde recebeu um golpe nas proximidades do coração.

Testemunhas contam que o acusado teria entrado na sala da coordenação do curso de educação física e sem alardes tentou contra a vida da vítima ao responder um questionamento. Segundo a UFAC, a prisão do desconhecido só ocorreu após rondas dos seguranças. Porém, há quem diga que um policial que estava num evento nas proximidades conseguiu prender o acusado. A arma usada na tentativa de homicídio ainda estava na mão do delinquente e melada com sangue.

FOTO REPRODUÇÃO

O homem foi apontado como estudante da UFAC e conduzido pela Polícia Militar do Acre (PMAC) à Delegacia de Flagrantes (DEFLA). Mais tarde, o vice-reitor Josimar Ferreira informou à imprensa que o causado não era universitário e não teria relações com a instituição. Por ocorrer dentro de uma instituição federal, o caso deve ser encaminhado para a Polícia Federal (PF).

Nas redes sociais, alunos e professores denunciam a falta de segurança tanto de dia quanto de noite na universidade. Alguns reportaram casos de assédio, roubo, assalto e até de tentativa de sequestro. Outros pressionam a reitoria para que reforce o número de seguranças particulares e peça reforço da Polícia Federal.