O Rio Branco

Hoje é 22 de Outubro de 2017

Policial

Polícias Civil e Federal realizam operação conjunta em Santa Rosa do Purus

05 de Outubro de 2017 às 16:25:48

Nas primeiras horas desta quinta-feira, 05, as policias Civil e Federal deflagraram operação conjunta e cumpriram seis mandados judiciais no município de Santa Rosa do Purus, dois mandados de prisão e quatro de busca e apreensão e prenderam duas pessoas , uma pelo crime de associação criminosa e outra por trafico internacional de droga.

A ação, coordenada pelo delegado Samuel Mendes, teve como foco principal desarticular um esquema de desvio de verbas públicas, no valor estimado de R$ 500 mil, da Secretaria de Educação do município na gestão passada. O ex-tesoureiro do órgão, Janner Gonzales, foi preso preventivamente.

De acordo com o delegado, a investigação, que durou cerca de quatro meses, teve inicio após denuncia anônima apontando esquema de desvio de verba pública.

“Chegamos aos autores a partir de documentos e cheques que foram encontrados, uma pessoa que viu o material nos repassou. Foi verificado que materiais e serviços que seriam destinados a uma escola da zona rural nunca chegaram lá”, observou o delegado Samuel Mendes.

Um dos mandados de busca e apreensão foi cumprido no interior do prédio da Secretaria de Educação na sala onde funciona a tesouraria do órgão e outro em uma igreja, onde o acusado atua como pastor.

“Foi uma operação conjunta onde os policiais federais nos deram apoio e depois demos apoio a eles no cumprimento de uma prisão em desdobramento da Operação Palestina, da Polícia Federal. Ao todo, nas duas operações, foram cinco policiais civis, dois federais e um delegado”, acrescentou Mendes.

Operação Palestina da Polícia Federal

Ainda na manhã desta quinta (4), em Santa Rosa do Purus, foi feita a prisão de mais um dos acusados de tráfico internacional no município, Edson Lustanardes. O inicio da ação da Policia Federal foi no dia 26 de julho e desarticulou uma organização criminosa especializada no tráfico internacional de drogas que agia na cidade acreana e na Vila Palestina, região peruana. Uma pessoa já havia sido presa pela operação.

 

Sandro de Brito – Assessoria/Sepc




Compartilhar