Meio Ambiente realiza atendimento ao produtor rural na Expoacre

O Governo do Estado do Acre está realizando atendimento aos produtores rurais na Expoacre 2019, com todas as instituições do Sistema Estadual de Meio Ambiente trabalhando no Espaço AgroFlorestal. A equipe do escritório do Cadastro Ambiental Rural (CAR) da Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema), está realizando o cadastro ambiental do imóvel rural, análise ambiental e adesão ao Programa de Regularização Ambiental (PRA), das 9h às 21h.

O Instituto de Meio Ambiente do Acre (Imac), o Instituto de Terras do Acre (Iteracre) e o Instituto de Mudanças Climáticas (IMC) também estão realizando atendimento no Espaço Agroflorestal. Outro destaque para esse público é o atendimento do Viveiro da Floresta, que fornece as mudas frutíferas e florestais para recuperar as áreas degradadas.

Para realizar o atendimento, o interessado deve levar os documentos pessoais e para uma análise mais detalhada,  é necessário também o documento do imóvel. De acordo com o chefe do escritório do CAR, Cláudio Cavalcante, se constatado algum passivo, o produtor será encaminhado à adesão ao Programa de Regularização Ambiental. “Trouxemos todos os serviços do Cadastro Ambiental Rural e do Programa de Regularização Ambiental para garantir comodidade ao trabalhador que possa estar passeando e queira acessá-los”, explicou.

Para o secretário de Estado de Meio Ambiente, Israel Milani, o Meio Ambiente deve está ao lado do produtor rural. “Essa atitude do governador Gladson Cameli, da Expoacre funcionar também durante o dia, está sendo uma ótima oportunidade para aproximar ainda mais o Governo da população. Os produtores rurais podem vir aqui no Espaço AgroFlorestal também durante o dia, para realizar o cadastro no CAR, no PRA e poder ter segurança de trabalhar na sua propriedade”, comentou o secretário.

O Imac está realizando atendimento ao público com informações sobre manejo florestal de uso madeireiro; indústria, agroindústria e serviços; atividades de uso do solo (agricultura, pecuária, pequenos animais), piscicultura e outorga da água, infraestrutura e o programa Fique Legal. O Iteracre e o IMC também realizam atendimentos no Espaço AgroFlorestal.

 

 

Agência


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.