O Rio Branco

Hoje é 19 de Novembro de 2017

Meio Ambiente

Semana do Meio Ambiente é aberta oficialmente em Rio Branco

05 de Junho de 2017 às 16:21:30

O prefeito Marcus Alexandre abriu na manhã desta segunda-feira, 5, a Semana do Meio Ambiente de Rio Branco, uma iniciativa das secretarias municipais de Meio Ambiente (SEMEIA), Serviços Urbanos (SEMSUR), Agricultura e Floresta (SAFRA), Educação (SEME) e Fundação de Cultura Garibaldi Brasil (FGB). A Semana do Meio Ambiente começou na noite de domingo, 4, com a realização do projeto de ocupação dos espaços culturais de Rio Branco no Cacimbão da Capoeira. As mudanças climáticas são o tema das atividades deste ano. “Quero convidar a todos a participarem da programação da Semana do Meio em Rio Branco. Cuidar do meio ambiente deve ser um compromisso de todos nós”, disse Marcus Alexandre fazendo referência às já sentidas mudanças no clima. O prefeito recebeu crianças estudantes de escolas próximas ao Horto Florestal, palco da abertura da Semana, e reforçou, com elas, a necessidade de se cuidar do meio ambiente.

A Semana do Meio Ambiente vai até o dia 10 de junho. A programação iniciou no domingo (4) com o Circuito de Ocupações Culturais no Cacimbão da Capoeira com a temática Meio Ambiente. Neste 5 de junho, Dia Mundial do Meio Ambiente, a SEMEIA promoveu o workshop Mudanças Climáticas abordando questões relativas ao desafio da Educação Ambiental. Os palestrantes da manhã desta segunda-feira foram o senador Jorge Viana, presidente da Comissão Especial de Mudanças Climáticas no Senado da República, e Foster Brown, pesquisador da Universidade Federal do Acre (UFAC). “Devemos fazer a nossa parte, pois as mudanças no clima podem ser trágicas para o planeta”, disse Jorge Viana. Na abertura do workshop estiveram presentes os secretários de Meio Ambiente de Rio Branco e do Estado, respectivamente Aberson Carvalho e Edegard de Deus; o deputado Jesus Sérgio, a vereadora Elzinha Mendonça e o vereador Mamed Dankar, presidente da Comissão de Meio Ambiente da Câmara Municipal de Rio Branco.

O workshop subsidia a criação do Plano Municipal de Mudanças Climáticas, documento-base dos compromissos da Prefeitura de Rio Branco para enfrentamento à alterações no clima.  Além disso, a programação da Semana do Meio Ambiente inclui plantio de mudas nos açudes da Vila Aquiles Peret, e nos bairros Habitar Brasil e Cidade do Povo, além de comemoração pelos 12 anos de criação da Área de Proteção Ambiental Raimundo Irineu Serra (APARIS), que irá levar diversos serviços do município aos moradores da localidade.

Meio ambiente como eixo prioritário em Rio Branco

Signatária do Programa Cidade Sustentável, Rio Branco tem o Meio Ambiente como um dos eixos prioritários. A recuperação de áreas de preservação, a criação da Área de Proteção Ambiental Raimundo Irineu Serra (APARIS), a ampliação da produção de mudas e elaboração do Plano Municipal de Gestão de Resíduos Sólidos e o fortalecimento da Agenda Ambiental na Administração Pública (A3P) foram algumas das ações com o objetivo de consolidar a Política Ambiental do Município.

O Dia Mundial do Meio Ambiente, 5 de junho, foi instituído no ano de 1972 durante Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente Humano, em Estocolmo. A data foi escolhida para coincidir com a realização da conferência que tem o objetivo de chamar a atenção para os problemas ambientais e a necessidade de conservação dos recursos naturais, até então considerados inesgotáveis. A Conferência de Estocolmo foi um marco para a mudança no modo de ver e tratar as questões ambientais e estabeleceu princípios que orientam a política ambiental em todo o planeta.

FGB restaura e expõe 50 obras de artistas acreanos

Na Semana do Meio Ambiente 2017, o prefeito Marcus Alexandre vai assinar o termo de Parceria entre Prefeitura e Tribunal de Justiça para a implementação da agenda A3P na instituição. Na quarta-feira, 7, a Assinatura do Termo de Cooperação junto à Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia marca a inauguração do Telecentro do Parque Chico Mendes. Durante toda a semana, exposição de arte, músicas e atividades lúdicas acontecem no Horto Florestal envolvendo alunos da rede municipal de educação. “Estamos aqui, mostrando que cultura e meio podem caminhar juntas”, disse o presidente da Fundação Garibaldi Brasil, Sérgio de Carvalho. 

Os artistas Danilo D´Sacre e Darci Seles revitalizaram cerca de 50 quadros produzidos por vários artistas, como Garibaldi Brasil e Hélio Melo. 

Ocupação cultural do Cacimbão reúne artistas e grande público

Um dos pontos de encontro mais tradicionais de Rio Branco, o Cacimbão da Capoeira, foi palco da segunda manifestação do projeto de ocupação dos espaços culturais de Rio Branco como parte da abertura da Semana do Meio Ambiente na capital. Mais de quinhentas pessoas estiveram presentes ao "Ocupa Cacimbão", ação que conta com apoio da Prefeitura de Rio Branco através da Fundação de Cultura Garibaldi Brasil e da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SEMEIA). Além de um dos organizadores, o músico Diogo Soares, fez a abertura do evento que contou com a presença do presidente da FGB, Sérgio de Carvalho, e do secretário de Meio Ambiente de Rio Branco, Aberson Carvalho. Ambos ressaltaram que a iniciativa das ocupações culturais (a do Cacimbão é a segunda; a primeira foi na UFAC) é da sociedade civil, da juventude e dos artistas organizados –e que a Prefeitura está especialmente satisfeita em participar de um evento tão marcante.

Aberson Carvalho fez referência à Semana do Meio Ambiente ao propor reflexão sobre o tema da sustentabilidade. “Agradeço a todos que estão aqui e realizam este evento. Estamos abrindo a Semana do Meio Ambiente e esta ocupação acaba sendo importante também nesse contexto”, disse o secretário. “O mais marcante é que a sociedade se mobiliza e nós damos o apoio para realizar este evento”, frisou Sérgio de Carvalho.

Além da revitalização realizada pela equipe da SEMEIA, o Cacimbão ganhou intervenções de grafite com a dupla Clementino e Mahatma Maha, e a estudante de Artes Cênicas da UFAC, Caroline Martins pregou a limpeza do espaço ocupado. “Temos de deixar os ambientes limpos e em boas condições”, disse ela.  Mostra de novos compositores, apresentação das palhaças Tia Cinira e Chuvisco e apresentação de artisas profissionais marcaram a ocupação.

 

Asscom

 




Compartilhar