O Rio Branco

Hoje é 26 de Março de 2016

Geral

Roney Firmino detalha metas e desafios da gestão municipal de Plácido de Castro

28 de Junho de 2015 às 10:07:41

Da Redação

A crise que assola o país está afetando diretamente todos os municípios acreanos e diante desses desafios, onde a falta de recursos financeiros destinados à manutenção de diversos setores como a educação, saúde pública, saneamento básico e a infraestrutura das ruas e ramais está forçando todos os prefeitos e gestores municipais a criarem novas estratégias que auxiliem, da melhor forma possível, o trabalho desenvolvido nos 22 municípios acreanos.

O prefeito de Plácido de Castro, Roney Firmino (PSB), concedeu, na manhã de ontem, 27,  uma entrevista exclusiva a nossa equipe de reportagem, onde na ocasião pontuou todos os desafios encontrados pela sua gestão na administração do pequeno município localizado a 96 Km da capital Rio Branco.

Metas da gestão

O líder político iniciou a entrevista fazendo uma avaliação da sua gestão e pontuando os principais desafios encontrados pela sua equipe de trabalho. “Existe uma luta contínua em prol do município de Plácido de Castro e estamos buscando estratégias que auxiliem os nossos projetos voltados para os diferentes setores do nosso município, que também está sofrendo com toda essa dificuldade financeira enfrentada pelo país”, explicou.

 

O prefeito apresentou várias ações que irão contemplar o município nos próximos meses, como a reestruturação e pavimentação das ruas e ramais, construção de creches, postos de saúdes e centros de treinamento. “Atualmente, existem mais de 20 obras em andamento no município de Plácido de Castro. São creches, escolas, pontes e centros de treinamento que estão sendo construídos pensando na comodidade e no bem-estar da nossa população”, detalhou.

 

Liberação de recursos

“As maiores dificuldades para a finalização das obras é a liberação dos recursos federais”, afirmou o prefeito Roney Firmino.

“Nossos maiores desafios estão ligados à captação de recursos, mas sabemos que todas as prefeituras do Estado e o próprio país estão passando por essas dificuldades. Existe uma previsão pra a liberação da verba e quando captada automaticamente iremos retornar as obras”, relatou.

O gestor municipal afirmou ainda que, além das obras no perímetro urbano do município, que possui pouco mais de 17 mil habitantes, também existe uma preocupação voltada para as famílias da zona rural que foram atingidas pela última cheia do rio Acre. “Estamos realizando um trabalho específico para atender, da melhor maneira possível, todas as famílias que foram atingidas de alguma forma, pela cheia do rio Acre que prejudicou diretamente a zona rural de Plácido de Castro”, relatou.

Em relação aos ramais, o prefeito declarou que existe um trabalho sendo realizado com recursos da própria prefeitura e também com a ajuda dos produtores.  “Diante da real situação dos nossos ramais, a única saída foi começar  o trabalho com recursos próprios e hoje, já conseguimos mais de 120 km de pavimentação  com o apoio dos produtores”, disse.

 

Finalizando a entrevista, o prefeito detalhou ainda os problemas que encontrou quando assumiu a prefeitura e que hoje já estão sendo resolvidos da melhor maneira possível. “A nossa gestão não herdou uma herança positiva, mas sim cheia de dívidas monstruosas e com vários problemas com fornecedores. Já estamos conseguindo parcelar todos os débitos e solucionar os problemas das gestões passadas e acredito que vamos conseguir alavancar e deixar essa mancha no passado de Plácido de Castro”, finalizou. 

Apoio do governo do Estado

O governador Tião Viana visitou, na última sexta-feira, 26, o município de Plácido de Castro, onde na oportunidade, se reuniu com produtores rurais e líderes comunitários para anunciar investimentos e participar da entrega de dois tratores, um caminhão e quatro implementos agrícolas para a agricultura familiar da região, num investimento de R$ 360 mil.

O encontro aconteceu na Câmara dos Vereadores e na oportunidade, o governador ressaltou que o município precisa muito reforçar sua política de produção rural, mas que o governo será um parceiro nessa empreitada.

“Nós temos de fazer de Plácido de Castro um ambiente de prosperidade. Temos que fazer a confiança do trabalhador rural voltar, melhorar a abertura de crédito com contato com os bancos para apoiar melhor o pequeno produtor. Eu estou aqui trazendo uma oportunidade de união e trabalho”, disse Tião Viana.

(Fotos: Francisco Chagas)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 




Compartilhar