Morre Aluízio Bezerra, ex- prefeito de Cruzeiro do Sul

Antonio Muniz

Vítima de três acidentes cardiovasculares, morreu às14h30m, desta quarta-feira, 26,  em Brasília, o deputado federal ex-senador e e prefeito de Cruzeiro do Sul, Aluízio Bezerra, 80 anos.

Ele teve vários problemas de saúde, que se agravaram há mais de 10 anos.Nos últimos meses, estava muito debilitado em função dos efeitos colaterais dos medicamentos e da idade avançada.

Casado com a ex-deputada federal e também ex-prefeita de Cruzeiro do Sul, Zila Bezerra, tinha uma filha. Filho de Manuel Bezerra da Cunha e de Otília Oliveira da Cunha, nasceu em 22 de abril de 1939.  

Aluízio era  filho de Manuel Bezerra da Cunha e de Otília Oliveira da Cunha. Por defender aposentadoria aos nordestinos que vieram para o Acre explorar o látex (leite de seringa), durante a Segunda Guerra Mundial, ficou conhecido como o senador dos soldados da borracha.

Trajetória política

Bezerra chegou à Câmara Federal antes mesmo de ser eleito deputado. Em 1964, quatro anos antes de o Congresso ser fechado pelo Ato Institucional de 196, o famoso AI-5, no governo do marechal Costa e Silva, ele era funcionário da Câmara Federal, atuando como técnico legislativo.

Em 1973, Bezerra formou-se em direito pela Universidade de Brasília (UnB). No mesmo período, também formou-se em Administração pelo Centro de Ensino Unificado de Brasília (Ceub).

Um ano depois, Aluízio Bezerra teve a oportunidade de estudar no exterior. Em 1978, formou-se em Direito Internacional e Relações Políticas Internacionais, na Sorbonne em Paris, uma das universidades mais conhecidas da Europa.

A  volta ao Brasil

De volta ao Brasil, em 1978, foi candidato a deputado federal, pelo MDB, e conquistou seu primeiro mandato.

Em 1982, com apoio do senador Nabor Junior e outras lideranças do MDB, Aluízio conseguiu ser eleito deputado federal. Quatro anos depois, em 1986, ele foi eleito senador.

Usando liderança e prestígio político, ele ajudou a eleger sua mulher, Zila Bezerra deputada federal, em 1990. Quatro anos depois, em 1994, tentou ser reeleito senador, mas foi derrotado.

Mas o ex-senador ficou apenas dois anos sem mandato. Em 1996, ele foi eleito prefeito de Cruzeiro do Sul, pelo PMDB, com apoio da mulher, deputada federal Zila Bezerra e das demais lideranças do partido.

Fim da carreira

Em 2000, Aluízio Bezerra tentou ser reeleito, mas como havia rompido com o PMDB, um dos integrantes do Movimento Democrático Acreano (MDA), ele foi derrotado pelo deputado César Messias  (PP), que hoje e está no PSB.

A derrota de Bezerra, em 2000, decretaria o fim da carreira política iniciada em 1978. Mas indiretamente, ele continuou no cenário politico, por meio de sua mulher, Zila Bezerra, que foi eleita, em 2008,prefeita de Cruzeiro do Sul.

 


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.