Secretário de Comunicação de Senador Guiomard morre aos 57 anos

O secretário de Comunicação da Prefeitura de Senador Guiomard-Quinari, jornalista José Avelino Neto, 57, faleceu nesta quarta-feira, 25, por volta das 11 horas no Hospital das Clínicas em decorrência da hepatite C e diabetes. Seu corpo foi velado na sede da Câmara Municipal do Município, o enterro está marcado para as 9 horas desta quinta-feira, 26, no cemitério da cidade.

José Avelino mais conhecido como Zezinho vinha tratando das doenças a alguns anos, mas seu quadro clinico foi se agravando e a menos de dois anos, bastante debilitado pelos remédios fortes que tomava acabou chegando a óbito.

Zezinho nasceu 1962 morava em Rio Branco e quando passou a residir no Quinari acabou lançando o primeiro jornal impresso do município. O meio de comunicação era conhecido como o sétimo filho do jornalista, pela dedicação que tinha em fazer com que o jornal chegasse na residência e comerciantes que assinavam as edições mensalmente.

Avelino deixa a esposa e seis filhos. Em sua trajetória no município, Avelino foi secretário de comunicação da Prefeitura em duas gestões e organizou alguns dos Carnavais na cidade do amendoim.

Sua filha, Lays Avelino disse com exclusividade a reportagem que toda a família está consternada com sua partida. "Dói muito, homem novo, pai presente e infelizmente o perdemos para a diabetes e hepatite C. Ele sempre esteve com os seus filhos. Ele me ajudou a realizar meus sonhos e dedico todas as minhas vitórias que tive e que terei com certeza a ele", disse bastante emocionada Lays.

O prefeito de Senador Guiomard, André Maia (PSD) destacou que Avelino era seu amigo pessoal e que contribuiu muito com sua gestão. “Decretamos dois dias de luto oficial no município pela morte do Zezinho que vai deixar muita saudade. Esperamos que sua família tenha força para superar esta perca irreparável”, disse o prefeito.

 

[Assessoria]

 


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.