Mesmo enfrentando uma pandemia, Acre continua pagando a gasolina mais cara do país

Por Wanglézio Braga

Em meio á uma pandemia de Covid-19, o combustível vendido no Acre continua sendo um dos mais caros do país, só perde para o negociado no Rio de Janeiro (R$ 4,468). Apesar da evidente redução no valor do litro, depois de despencar quase 8% em abril na comparação com março, o preço médio do litro da gasolina vendida no estado é de R$ 4,437. O Acre tem o preço mais alto da região norte. O valor médio mais baixo foi verificado em Roraima (R$ 3,882).

Um dado divulgado hoje (22) pela empresa ValeCard, soluções de gestão de frotas, o valor médio do combustível no território nacional na primeira quinzena de maio foi de R$ 3,992 (em abril, o preço médio foi de R$ 4,23). No período de 30 dias encerrado em 15 de maio, o preço da gasolina caiu 7,81%.

A empresa diz que o país voltou a registrar forte queda (-5,7%) nos primeiros 15 dias de maio no país. "O valor da gasolina vem caindo em razão da redução na circulação de veículos em todo o país – decorrente da pandemia do novo coronavírus – e das sucessivas diminuições do valor nas refinarias da Petrobras. Neste mês, porém, o litro do combustível sofreu dois aumentos seguidos nas refinarias – 12% no dia 7 e 10% no dia 14. Mesmo assim, o preço seguiu em queda em todos os estados", informou.


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.