Homem invade escola e ataca alunos com machado no Rio Grande do Sul

Policiais Militares do 28º Batalhão de Charqueadas, município gaúcho da região metropolitana de Porto Alegre, estão á procura de um homem que atacou estudantes do Instituto Educacional Estadual Assis Chateaubriand. Ele feriu alunos com golpes de machado.

De acordo com informações preliminares da polícia, o agressor seria um aluno do colégio de 16 anos. Ele está foragido. O ataque ocorreu por volta de 13h10 desta quarta-feira (21/08/2019). As buscas continuam.

A direção da escola informou ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) que há alunos feridos. Cinco estudantes e uma professora foram levados para o Hospital de Charqueadas. A unidade médica informou que os casos não são graves.

O aluno, após desferir golpes contra os estudantes, teria tentado atear fogo a uma sala de aula. Ele carregava um galão com gasolina.

Segundo o chefe do Corpo de Bombeiros Voluntários, Maurico Naatz, os ferimentos são superficiais, como nas mãos, nas costas e nas pernas. “Eles estão em estado regular, mas bem nervosos pelo fato que aconteceu na escola. Todas estão fora de risco”, destacou, ao chegar ao local.

A Prefeitura de Charqueadas acompanha o caso. Com a repercussão, segundo a assessoria de comunicação do Executivo municipal, muitos pais buscaram os filhos mais cedo nas escolas do estado.

O instituto é administrado pela Secretaria Estadual de Educação do Rio Grande do Sul. O órgão informou, por telefone, que está apurando o que ocorreu e não se manifestou.

Cerca de 35 policiais acompanham a situação no local, que tem ruas interditadas. As buscas continuam. O agressor teria dito, ao fugir do colégio, que buscaria outras vítimas.

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), lamentou o ataque. Estou retornando para Porto Alegre e tomei conhecimento do ocorrido. Já conversei com o vice-governador (Ranolfo Vieira Júnior-PTB), que está se deslocando para acompanhar investigações, apoio aos alunos e suas famílias e comunidade escolar”, escreveu no Twitter.

Pelas redes sociais, Randolfo tamebém comentou o caso. “Estou me deslocando para Charqueadas para acompanhar as investigações e as buscas ao responsável pelo fato ocorrido”, destacou.

Charqueadas fica 60km distante de Porto Alegre. Segundo dados oficiais, a escola tem mais de 500 alunos matriculados. A cidade conta com pouco mais de 40 mil habitantes, de acordo com projeção de 2018.

 

 

METRÓPOLES


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.