O Rio Branco

Hoje é 24 de Novembro de 2017

Geral

Depasa promove melhorias no sistema de captação de água de Brasileia

20 de Outubro de 2017 às 09:19:53

O sistema de captação de água da cidade de Brasileia recebe os novos investimentos para melhoria dos desempenhos de suas atividades. O governo do Acre, por meio do Departamento Estadual de Pavimentação e Saneamento (Depasa) executa as etapas de instalação de adutoras e substituição de bombas em balsas flutuantes.

Cerca de 500 metros de tubulações de água bruta de 400 milímetros e 1348 metros de adutora de água tratada serão conectados às estruturas de captação, nas margens do Rio Acre até a Estação de Tratamento de Água (ETA), para destinar o recurso natural para o devido trato e posteriormente a distribuição às residências.

“Os trabalhos de preparação do trecho onde as adutoras serão instalada foram concluídos e iniciaremos as etapas de escavações do solo para a conexão dos tubos até o novo ponto de instalação da nova balsa flutuante, que ficará acima do igarapé Nazaré”, informa o biólogo do Depasa Filogônio Cassiano Ribeiro.

O novo flutuante terá uma bomba em atividade e outra na reserva para ser ativada caso haja algum tipo de falha, mantendo o seu poder de vazão de 150 litros por segundo.

Os atuais investimentos em captação se somam a outros efetuados pela gestão do governador Tião Viana no tocante ao sistema de abastecimento de Brasileia, como exemplo, a inauguração da nova ETA II, inaugurada em 2013, com capacidade de tratar 90 litros de água por segundo.

“Só essa ETA é capaz atende as necessidades de água nos próximos 20 anos. Nosso foco de trabalho agora é reforçar o sistema e criar as novas condições necessárias para que a Brasileia seja abastecida o dia todo e todo o dia”, destaca o diretor-presidente do Depasa, Edvaldo Magalhães.

O município possui quase 4 mil ligações domiciliares na área urbana. Com a execução do programa Ruas do Povo, foram aumentados cerca de 20 quilômetros de rede de distribuição de água na cidade, além outras ações diretas da própria autarquia em parceria com a gestão municipal como o caso dos 600 metros de nova rede no bairro 28 de maio.

“Um amplo diálogo com o governo do Estado foi consolidado para atender as demandas de abastecimento de população. Estamos buscando novas parcerias para a ampliação da rede de água nos bairros e demais comunidades que estão em formação”, relata a prefeita de Brasileia, Fernanda Hassem.

Os recursos aplicados no melhoramento da captação da ETA de Brasileia são oriundos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) no valor de R$ 1,6 milhões que foram firmados por meio de convênio com a Fundação Nacional de Saúde (Funasa). Os prazos de conclusão das obras estão previstos para junho de 2018.

 

Agência




Compartilhar