?Coração Solidário?: A ação que começou numa gincana escolar e que vem distribuindo amor em Rio Branco

Por Wanglézio Braga

Uma gincana realizada na Escola João Calvino, há seis anos, foi o ponto inicial de uma importante ação de voluntários que vem ganhando destaque e já é sucesso nas comunidades carentes de Rio Branco. A entidade “Coração Solidário”, de fato, tem transformado a vida da população carente por levar atendimento médico, assistência jurídica e atividades lúdicas tomando a dianteira na iniciativa que deveria ser do poder público.

Uma vez ao mês, cerca de 40 voluntários se reúnem e saem pela cidade distribuindo alimentos à população de rua, promovendo palestras e distribuindo cestas básicas às famílias mais carentes e até na compra de medicamentos aos doentes. Eles também estão presentes, vez e outra, no Lar dos Vicentinos bem como no Educandário Santa Margarida. Datas comemorativas como dia das crianças, natal, dia das mães também estão inseridas na agenda oficial do grupo.

“A Ação Coração Solidário nasceu numa gincana escolar, quando estudávamos o terceiro ano, onde tínhamos que arrecadar alimentos que seriam distribuídos em alguns lares. Sentimos as necessidades das pessoas e resolvemos continuar após a formatura. Seis anos já passaram e pudemos ajudar centenas de famílias, muitas pessoas não só com distribuição desses alimentos como também oferecendo uma conversa, um ombro amigo. Percebemos que as pessoas estão carentes, não só de alimento mais de atenção, um abraço, um sorriso, e o nós estamos dispostos a oferecer”, comenta Isabelly Araújo presidente da Associação Coração Solidário.

Para comemorar mais um ano de sucesso da Coração Solidário, o grupo preparou uma atividade especial que será realizada no dia 03 de agosto na Cidade do Povo, nas dependências da escola Campos Pereira. Neste dia, a partir das 8 horas, a comunidade terá atendimento nas áreas da saúde com oferecimento de consultas com clínico-geral, nutricionista, testes rápidos, atendimento especializado na saúde do homem e da mulher. 

A criançada não ficará de fora da programação. Muita brincadeira e lanches saborosos vão ser oferecidos aos presentes. Sorteios e distribuição de cestas básicas contemplam a ação especial. As atividades vão ser encerradas às 13 horas. O público estimado é de 300 pessoas.

“Servir como voluntária é algo gratificante, que renova a gente a cada ação, é como se fosse um renovo espiritual. A gente vive numa sociedade que são carentes não só dinheiro, mais também de atenção. As pessoas precisam conversar, falar e ser ouvidas. O amor ao próximo move as ações da Coração Solidário e nós ficamos felizes em poder ajudar a mudar a vida da população”, enaltece Isabelly.