CPI da Energia: Primeira reunião após escolha dos líderes acontece na próxima quarta-feira

Por Wanglézio Braga

A primeira reunião da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga o aumento na conta de energia no Acre já foi marcada e alguns requerimentos agendados junto à Mesa Diretora. A informação foi repassada pelo deputado Jenilson Leite, do PCdoB, autor da CPI da Energia, que diz ainda estar satisfeito com a contemplação da oposição na presidência da comissão.   

Jenilson comenta que o primeiro passo, após instalação e a escolha da liderança, foi solicitar junto à presidência da Comissão, documentos endereçados à Energisa com informações de como aferem as contas de energia. “Tem horas que eles só acham que a conta deu um determinado valor e encaminham o boleto para o contribuinte. Nós precisamos ter conhecimento dessa ferramenta para saber se estão sendo feitas cobranças justas ou injustas”, comentou.

A comissão vai solicitar ainda a cópia dos contratos de compras da Eletroacre e de todos os compromissos que a Energisa assumiu com os acreanos. “Nós queremos entender também os compromissos em relação à universalização do programa Luz no Campo e qual foi a arrecadação da Energisa desde quando assumiu. Isso vai servir para fazer um comparativo do tempo respectivos”, ressaltou.

A primeira reunião da Comissão acontece na próxima quarta-feira (22). Além da apreciação e votação dos requerimentos, os deputados prometem fazer visita aos órgãos de fiscalização como Ministério Público do Acre (MPAC) e Tribunal de Contas do Estado (TCE) e começar de fato as oitivas.

“Eu tenho plena confiança no presidente, o deputado Daniel Zen. Também confio no deputado Cadmiel Bomfim que está como relator. Inicialmente ele tinha retirado a assinatura da CPI e depois, após uma reflexão, voltou a assinar, pois viu que em Feijó as pessoas sofrem bastante, sua base eleitoral. A população com certeza vai ver retorno das ações da CPI”, avaliou Jenilson.

Dinâmica das reuniões

Questionado pelo Portal O Rio Branco se as reuniões podem prejudicar as sessões ordinárias tendo em vista que acontecerá no turno da manhã, o comunista ressaltou que “não corre nenhum perigo. As reuniões vão acontecer sempre antes das sessões. Em dias de sessão ordinária, a gente encerra mais cedo ou suspende e depois continua as discussões”.  

Membros da Comissão

Os deputados Daniel Zen do PT (Presidente), Chico Viga do PHS (Vice-presidente), Cadmiel Bonfim do PSDB (Relator),  Jenilson Leite, José Bestene (PP), José Luís Tchê (PDT) e Roberto Duarte (MDB) são membros titulares da CPI.

Os suplentes da CPI foram também definidos: Whendy Lima (PSL), Antônio Pedro (DEM), Wagner Felipe (PR), Meire Serafim (MDB), Edvaldo Magalhães (PCdoB) e Marcus Cavalcante (PTB).