O Rio Branco

Hoje é 28 de Maio de 2016

Geral

Projeto Bombeiro Mirim 2017 vai formar até 1.500 adolescentes no estado

17 de Abril de 2017 às 14:26:44

O governador Tião Viana e o Corpo de Bombeiros Militar do Acre (CBMAC) realizaram na manhã desta segunda-feira, 17, no teatro da Faao, a abertura do projeto Bombeiro Mirim 2017.

Este ano, em todo o Acre, serão beneficiados até 1.500 jovens com idade entre 12 e 14 anos, por meio do projeto Bombeiro Mirim. Só em Rio Branco são 900 inscritos.

“Este programa começou em 2009, em Cruzeiro do Sul, com 45 crianças, e hoje já reúne 1.500 jovens. Meu agradecimento a cada oficial que se dedica a este trabalho, que é uma porta para o futuro, pois o jovem que se dedica a este projeto está livre de uma facção ou de qualquer outra influência de drogas e da criminalidade. Este é um projeto que ajuda na construção da vida”, disse Tião Viana.

A aula inaugural do Bombeiro Mirim 2017 contou com a participação dos jovens inscritos e de seus familiares.

O projeto contempla os municípios de Tarauacá, Xapuri, Sena Madureira, Epitaciolândia, Feijó, Cruzeiro do Sul e cidades adjacentes. Só este ano foram inscritos mais de 1.400 adolescentes, que passarão por curso com duração de dez meses.

“E já vamos iniciar o projeto também na Cidade do Povo. O que o governo inicia hoje é um projeto de saúde na vida destes garotos e de seus pais. Em Rio Branco vamos trabalhar em quatro regionais”, afirmou o comandante do CBMAC, coronel Roney Cunha.

O prefeito de Rio Branco, Marcus Alexandre, parabenizou o governo pelo projeto e garantiu que a prefeitura se manterá parceira em todas as ações.

“É um evento destes que nos deixa imensamente felizes, pois aqui sabemos que muitos pais vão ficar tranquilos por saber que os filhos estão participando deste programa. Parabéns ao governo, pela decisão firme de colocar recurso para que este projeto aconteça”, congratulou.

Formação, conduta, respeito e treinamento

No período de treinamento, os bombeiros mirins receberão uniformes e aprenderão sobre respeito, conduta, companheirismo, ordem, natação, primeiros socorros, salvamento em altura, educação de trânsito e outras atividades, tudo em ações e linguagem específicas para a juventude.

“Estes momentos são de alegria para a segurança pública, pois este é o nosso desafio de vencer as drogas, a criminalidade. Aqui está o futuro do Acre”, destacou o secretário de Estado de Segurança Pública, Emylson Farias.

Durante o evento, Tião Viana fez uma demonstração de primeiros socorros aos adolescentes e a corporação realizou uma homenagem aos coordenadores do programa.

Foram homenageados, ainda, alguns dos primeiros bombeiros mirins que participaram do projeto no início. Todos cursam hoje nível superior.

“Eu fui da primeira turma em Rio Branco e digo que melhorei muito, pois evolui nas notas escolares, no comportamento em casa, aprendi grandes lições de respeito. Aprendi também a ser uma pessoa melhor com todos que estão à minha volta”, testemunhou Leonardo Silva, que foi bombeiro Mirim em 2009 e hoje é aluno da Universidade Federal do Acre (Ufac).

O aposentado Josué Meza fez questão de comparecer ao evento para prestigiar a bisneta, Débora Meza, 14 anos. Na ocasião, ele falou sobre a importância do projeto. “Este é um projeto extremamente valioso, pois tira os jovens de qualquer aproximação com o crime e os entretém, preparando-os para a sociedade. É uma maneira de conduzir a juventude pelos melhores caminhos”, afirma Meza.

 

Agência




Compartilhar