O Rio Branco

Hoje é 22 de Setembro de 2017

Geral

Prefeitura inaugura Unidade Básica de Saúde no Triângulo Velho

17 de Março de 2017 às 15:34:12

O prefeito Marcus Alexandre inaugurou nesta sexta-feira, 17, a Unidade Básica de Saúde (UBS) José Adriano Lopes Pessoa, no Triângulo Velho. A unidade é a 25ª entregue à comunidade na gestão do prefeito Marcus Alexandre.

De porte 1, com capacidade para atender até 4 mil pessoas, a UBS foi construída com recursos próprios da Prefeitura de Rio Branco e de convênio com o governo federal. A área construída é de 248,32 metros quadrados e o projeto totalmente adequado às normas do Ministério da Saúde. A estrutura conta com acesso coberto, administração e sala de reuniões, sala de recepção, 2 consultórios de clínica médica, 1 consultório odontológico, sala de imunização, sala de curativos, sala de coleta, farmácia, expurgo, sala de esterilização, copa, depósito, sanitários acessíveis, e estacionamento em bloco de tijolo maciço.

Usuária da UBS do Triângulo Velho há mais de seis anos, mesmo sob chuva forte, dona Darcilene Ayache chegou cedo para conhecer o novo espaço. “Eu tenho 69 anos, estou na unidade de saúde praticamente toda semana para verificar pressão e controle do diabetes. Sempre fui bem atendida, com carinho. Com um espaço desses, um serviço que já é bom, com certeza, será ainda melhor”.

Para a coordenadora, Vanda Ferreira, a nova sede é a realização de um sonho. “Temos um estrutura ampla, climatizada, onde poderemos acolher e atender muito melhor os usuários”, disse Vanda.

A construção da UBS do Triângulo Velho é uma ação que integra o projeto de transferir todas as unidades que funcionavam em espaços alugados e adaptados para sedes próprias. “Falta apenas uma unidade para que muito em breve a gente possa anunciar que nenhuma unidade de saúde do município funciona em espaço alugado”, destacou o prefeito Marcus Alexandre. Além, das 25 unidades já entregues nos últimos quatro anos, outras cinco estão em construção, uma no Cadeia Velha, uma no São Francisco, uma na comunidade Albert Sampaio e outra no Mutambo, além da UBS da Vila Manoel Marques, na região Transacreana, que já está com os recursos para a sua construção garantidos e com a licitação para contratação da obra a ser feita ainda neste mês de março.

O ato de inauguração da UBS do Triângulo Velho contou a presença dos vereadores Rodrigo Forneck e Juruna e do senador Jorge Viana. Ao parabenizar a gestão e a comunidade, Jorge Viana lembrou o tempo que, ao assumir a prefeitura da capital, Rio Branco não contava com nenhuma unidade de saúde. “Na nossa gestão criamos aqui mesmo no Segundo Distrito o Centro de Saúde Cláudia Vitorino, que hoje é uma unidade de referência. Cuidar da saúde é cuidar do que temos de mais precioso e essa é mais uma unidade que vai ajudar a cuidar de muita gente”, destacou.

Investimento garante ampliação da cobertura do atendimento em Saúde

A rede municipal de saúde conta atualmente com 55 unidades. Considerando proporção de médicos/população, a cobertura cresceu de 40 para 90 por cento. O programa Mais Médico, o investimento na construção de novas estruturas e a contratação de 369 servidores foram algumas das ações que contribuíram para esse avanço. "No que se refere a algumas especialidades, ainda temos uma etapa a vencer. E esse é o esforço que será feito a partir da implantação do serviço especializado de atendimento à Mulher na Policlínica Barral Y Barral”, informou o secretário de Saúde Oteniel Almeida.

Unidade presta homenagem à comunidade

A UBS do Triângulo Velho leva o nome de um antigo morador. Um dos primeiros a habitar a área onde hoje é o bairro Triângulo.

Amistoso, sempre disposto a auxiliar, com uma máquina do tipo Patrol cedida pelo Departamento Estadual de Estradas de Rodagem do Acre (DERACRE), ajudou a abrir muitas ruas na localidade. Sua casa estava sempre cheia de gente, com quem dividia abrigo e alimento. Foi assim que ao longo da vida conquistou amigos e assumiu papel importante junto à comunidade.

Tempos antes de sua aposentadoria, passou a reclamar de dores nas pernas, dor no peito, apresentar-se bastante cansado e com a pressão alta, mãos e pés roxos, com diagnóstico médico de complicações cardíacas. Esse quadro o levou a participar ativamente do grupo de idosos do posto de saúde da comunidade. Um dia, após um passeio com o grupo, passou mal e faleceu já em casa, a mesma residência que o abrigou por sessenta anos no Triângulo Velho. Deixou amigos e uma grande família.  “Nos sentimos muito horados com o reconhecimento e a homenagem a meu pai, que foi, um homem simples, e que lutou para ajudar as pessoas e melhorar a condição desse lugar”, disse Maria do Socorro Lopes Pessoas, filha de José Adriano.

José Adriano não foi o único a ser lembrado. Os ambientes da UBS prestam homenagem a outros moradores e ativistas como Síria Tufic Ayache, Manoel Moreira dos Santos, Francisco Ribeiro Alves de Souza, Carlos Pereira de Souza e Aracy e Souza Lima.

Asscom

 




Compartilhar