Governo realiza operação para recuperar estrada Transacreana

Na última terça feira, 13, três equipes de manutenção deram início a uma operação de tapa-buracos na estrada AC-90, mais conhecida como Transacreana. Os trabalhos estão sendo realizados por três frentes formadas por servidores do Deracre e da Emurb (Empresa Municipal de Urbanização).

De acordo com Ivo Wiciuk, engenheiro responsável pela fiscalização das obras, a Emurb foi contratada com a dispensa de licitação. Segundo ele, a empresa municipal já vinha trabalhando há alguns meses na AC-40 e  na AC-10 assim, por força do mesmo convênio, foi contratada para trabalhar junto com o Deracre na Transacreana. Ivo Wiciuk afirma que a equipe só sairá da estrada quando concluir os serviços.

Em uma visita ocorrida na tarde de quarta-feira, 14, Ivo Wiciuk esteve no trecho acompanhado da chefe do Departamento Administrativo, Lanna Vaz, que informou que o material utilizado nas obras foi adquirido pela modalidade carona, nas atas do 7º BEC. A gestora explica que “isto acontece quando uma empresa pública não consegue fazer licitação e recorre ao sistema de carona em processos licitatórios que outros órgãos públicos já realizaram”. A  medida foi tomada para dar celeridade ao processo.

Lanna Vaz acrescentou ainda que este ano o Deracre tem feito pouquíssimas licitações devido à situação de dívidas da empresa contraídas na gestão passada. Contudo, segundo ela, no próximo ano o órgão fará suas próprias licitações.

Conforme Vaz, o importante é que o estado está dando o melhor de si para que neste ano  tudo funcione. “Nós primeiro estamos arrumando a casa para em seguida darmos o melhor em prol da população. E quando forem comprados os 50 milhões em máquinas, conforme prometeu o governador Gladson Cameli, o Deracre será o protagonista das obras em ramais e manutenção de estradas estaduais”.

 

 

Agência