Além do Acre, Governo Boliviano também recebe cápsula de ventilação fabricada em Manaus

Por Wanglézio Braga

O governo de Pando, na Bolívia, recebeu nesta semana os técnicos e representantes da empresa que Samel e do Instituto Transire de Tecnologia e Biotecnologia da Amazônia que doaram equipamentos para fortalecer em Cobija, a luta contra o Covid-19 e melhorar o atendimento aos pacientes portadores do vírus. O equipamento produzido em Manaus é a mesmo que foi doada ao Acre, na semana passada. São cápsulas de ventilação não invasivas e contenção viral.

A cápsula funciona como um envoltório para ventilação não invasiva e é produzida em uma armação leve e resistente formada por canos de PVC, podendo ser manuseada e higienizada facilmente. Ela é revestida por uma película de vinil transparente para uma melhor visualização do paciente e para auxiliar na contenção do contágio. Se utilizada logo no momento da internação, a cápsula pode evitar a evolução do quadro para intubação endotraqueal e reduzir o tempo de internação, em média, de 21 para 5 dias.

O diretor do Serviço Departamental de Saúde de Pando (SEDES), Dr. Kuniaki Murakami, destacou a iniciativa dos brasileiros. Kuniakj também cogitou possibilidade da realização de voos de Manaus com escala em Rio Branco para levar tais cápsulas de ventilação até a Cobija, caso o governo boliviano pudesse comprar.

Da mesma forma, ele informou que o pessoal médico que chegou do país vizinho Brasil, treinou o pessoal de saúde de nossa região para que sejam preparados e protegidos durante o atendimento de pacientes positivos com o coronavírus, também indicou que a empresa Samel e os O Instituto Transire prometeu enviar um novo lote de equipamentos.

Vale lembrar que no departamento de Pando, até o momento, foram registrados 12 casos positivos de Covid-19, dos quais uma morte foi relatada, sete curados e quatro ainda estão tratando da doença. 


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.